CLÉRIO'S HOME PAGE
CLÉRIO JOSÉ BORGES DE SANT´ANNA                                             VOLTAR




História do Espírito Santo

CARIACICA – ES

Cariacica ES
Igreja de São João Batista. Fica na praça central da sede do município.
Sua construção foi iniciada em 1839 e concluída em 1851.

ORIGEM HISTÓRICA

           

Carijacica (chegada do homem branco) foi o primeiro nome do Município. Com o tempo a linguagem popular abreviou o nome para Cariacica. Os jesuítas fundaram as primeiras povoações. Em 1890 desmembrou-se definitivamente de Vitória, tornando-se Município. O Morro Moxuara, pedra de granito com 724 metros de altura, é o seu principal ponto turístico, cultural, paisagístico e ambiental.

Antes da colonização a atual área do Município de Cariacica era habitada pelos Índios Tupiniquins. Alguns colocam também as tribos inimigas, Goitacazes e Aimorés. Os Goitacazes contudo viviam mais ao sul, próximo as divisas entre Espírito Santo e Rio de Janeiro. Os Aimorés já se localizavam na região do rio Doce, atuais cidades de Colatina e Baixo Guandu, próximo a atual cidade de Aimorés, em Minas Gerais.

O certo é que índios, negros e brancos foram à base da formação racial do Município.

Segundo pesquisadores Carijacica era o nome  de um rio descoberto pelos indígenas que descia do Monte Moxuara.

Os primeiros colonizadores, imigrantes, na maioria pomeranos, surgiram em Cariacica durante o período de 1829 a 1833. O povoamento se intensificou a partir de 1865, pela formação de colônias alemãs, vindas de Santa Leopoldina e Santa Isabel. Em 1837 chega a Cariacica um grupo de portugueses que se estabelece no interior. À medida que o homem branco ocupa as terras, os índios, primeiros habitantes do Município, vão desaparecendo e seu último reduto até o desaparecimento por completo ficava em Itanhenga.

Porto de Cariacica passou a ser o primitivo centro comercial, sendo o elo de ligação entre a região costeira e o interior. Localizado no Planalto a 36 metros do nível do mar, Porto de Cariacica e Bubu foram ocupados por espaçosos engenhos e fazendas para criação de gado. O Planalto passou a chamar-se água fria, devido a um córrego ali existente.

Em 18 de dezembro de 1837, foi criado o distrito de Cariacica, que a Igreja Católica denominou de Freguesia de São João batista de Cariacica.

No dia 30 de dezembro de 1890, Cariacica desmembrou-se definitivamente do Município de Vitória, tornando-se um Município. Em 1971, através de um decreto administrativo, a data de comemoração do dia da cidade, passou a ser 24 de junho, o mesmo dia em que se comemora o dia de São João Batista, padroeiro do Município.

 

ÁREA E POPULAÇÃO DE CARIACICA

           

Segundo o IBGE a área de Cariacica é de 285 Km2.

            O Distrito Sede está situado a uma latitude de 20º, 26´ e 389´´ e a uma longitude de 40º, 42´

            A população de Cariacica conforme o Censo de 2000 é de 323. 807 habitantes, sendo 159.083 homens e 164. 724 mulheres.

Na área urbana residem um total de 312. 542 habitantes e na área rural, 11. 265 habitantes.

 

CURIOSIDADES

 

            Em 1894 foram construídas caixas apropriadas para serem instalados lampiões de querosene para a iluminação pública da sede do Município. A luz elétrica, só foi implantada em 1914.

            Em 1927 o transporte de passageiros, que era feito em caminhões, foi substituído por ônibus abertos chamados de “Jardineiras”.

            O primeiro jornal de Cariacica foi lançado em 1911, quando a Prefeitura comprou uma tipografia. O nome era “Novo Horizonte”.

 

ARTESANATO

 

            As peças de cerâmica e panelas de barro são os principais produtos do artesanato do Município, devido à boa qualidade do barro local.

           

CARNAVAL DE CONGO

 

            No dia da festa de Nossa Senhora da Penha, no mês de abril de cada ano é realizado na localidade de Roda d´água, o Carnaval de Congo com os mascarados que cantam e dançam animados pelas Bandas de Congo, do Conselho das Bandas de Congo de Cariacica.

           

As Bandas de Congo do Município são:

            São Benedito de Piranema;

            São Benedito de Boa Vista;

            Unidos de Boa Vista;

            Santa Isabel de Roda d´água;

            São Sebastião de Taquaruçú.

 

A Grande Vitória é composta dos Municípios de Serra, Vitória, Vila Velha, Cariacica e Viana e segundo a página do IBGE na Internet, a Rede Mundial de Computadores, possui uma área de 1. 348 Km², (antes eram 1.461 Km²) e população estimada em 1,4 milhões de habitantes.

 

(Fonte Secretaria Municipal de Cultura; Livro histórico sobre Cariacica de Josefa Telles de Oliveira e Folheto editado em 2001 pela Câmara Municipal de Cariacica sobre o Concurso para a escolha do Hino Oficial do Município.)

PONTOS TURÍSTICOS DE CARIACICA, ES.
 

Represa Velha
Foi a primeira represa construída para captar água para consumo de Vitória, em 1918.

Represa Duas Bocas
É o principal reservatório de água para abastecimento da Grande Vitória.

Igreja de São João Batista
cariacica-sjoao.jpg (10422 bytes)

Fica na praça central da sede do município. Sua construção foi iniciada em 1839 e concluída em 1851.








Campo Grande
Orgulha-se de ser "o maior shopping aberto do estado", concentrando a maior parte do comércio do município de Cariacica.

Cachoeira do Gonring
No Braço do Rio Mangaraí, a única cachoeira do município, já no limite com Santa Leopoldina.

Monte Mochuara


É o símbolo do município e seu ponto mais alto, com uma altitude de 718 metros.


VOLTAR

VOLTAR




Copyright © 2004 / 2012 - All Rights Reserved: CJBS