CLÉRIO'S HOME PAGE
CLÉRIO JOSÉ BORGES DE SANT´ANNA                                             VOLTAR


!! CLÉRIO JOSÉ BORGES !!
!! TROVADOR E ESCRITOR CAPIXABA !!

"ENTRE OS VULTOS DE VITÓRIA,
SEM MEDO DE DESPAUTÉRIO,
QUEM TERÁ LUGAR NA HISTÓRIA
É O AMIGO POETA CLÉRIO."
TROVA DO PROFESSOR FRANCISCO FILIPACK, CURITIBA/PR
CURRICULUM COMPLETO
DE CLÉRIO JOSÉ BORGES

DADOS PESSOAIS MESTRE: PROFESSOR JORNALISTA: FOCA - REPORTER - REDATOR
OBRAS PUBLICADAS: O ESCRITOR ATIVIDADES LITERÁRIAS: ENTIDADES A QUE PERTENCE
PRÊMIOS: PLACAS, MEDALHAS E DIPLOMAS PALESTRAS PROFERIDAS: PALESTRAS E CURSOS
AUTO BIOGRAFIA: HISTÓRIA DE UMA VIDA RESUMO GERAL: INFORMAÇÕES GERAIS
POESIAS: SONETOS E TROVAS ATIVIDADES PROFISSIONAL, POLÍTICAS E COMUNITÁRIA




Historiador, Poeta e Trovador Capixaba, o Escritor Clério José Borges nasceu em 15/09/1950, no bairro de ARIBIRI, Município de Vila Velha, ES. Funcionário Público Estadual Aposentado no Cargo de ESCRIVÃO, trabalhando durante 35 anos, tendo recebido ELOGIOS e Medalhas de Bronze, PRATA e Ouro da Polícia Civil do Espírito Santo. Estudou Direito e Pedagogia na UFES - Universidade Federal do Espírito Santo. Fundou e foi o 1º presidente da Academia de Letras e Artes da Serra, ALEAS. Fundou e preside o Clube dos Poetas Trovadores Capixabas, CTC. Pertence ao Instituto Histórico e Geográfico do ES. Foi Conselheiro Titular do Conselho Estadual de Cultura do Espírito Santo, durante Cinco anos, de 04/01/1989 a 18/02/1993, onde foi eleito e atuou como Secretário e Vice-presidente do CEC-ES. Após 18/02/1993 e até o ano 2000, passou a pertencer à Câmara de Literatura do referido Conselho, CEC-ES, Conselho Estadual de Cultura do Estado do Espírito Santo. Conselheiro Titular da Área de Literatura do Conselho Municipal de Cultura da Cidade da SERRA, Espírito Santo, desde 24 de Setembro de 1997 e atual Vice Presidente do Conselho Municipal de CULTURA da Cidade da Serra, ES. É morador da SERRA, ES, desde 1979 e Cidadão Serrano, titulo conferido pela Câmara Municipal da Serra em 26 de Dezembro de 1994. Senador da Cultura, pela Sociedade de Cultura Latina, SCL. Correspondente da Academia CACHOEIRENSE de Letras, (ES); da Academia PETROPOLITANA de Letras, da Cidade de Petrópolis,(RJ); da Academia Brasileira da Trova e da Academia de Letras, Ciências e Artes do Amazonas, ALCEAR e outras Academias e Associações Literárias do Brasil. Autor dos Livros: Trovas Capixabas; Trovadores dos Seminários da Trova; Trovadores Brasileiros da Atualidade; O Trovismo Capixaba; Alvor Poético; O Vampiro Lobisomem de Jacaraípe; História da Serra (3 Edições); Serra em Prosa e Versos/Poetas e Escritores da Serra; Origem Capixaba da Trova; Dicionário Regional de Gírias e Jargões. Organizador, desde 1981 dos Seminários Nacionais da Trova e dos Congressos Brasileiros de Poetas Trovadores. Detentor de Diversos Títulos, DIPLOMAS e homenagens, como por exemplo a MEDALHA CHICO PREGO, recebida em 30/03/2006. Teve atuação como Ator no Filme "QUEIMADO", de João Carlos Christo Coutinho, sobre a Revolta dos Negros Escravos do Distrito do Queimado, na Serra, ES, ocorrida em 1849. Atuou como Ator no FILME "Trovadores do Neotrovismo na Amazônia", da Cineasta Russa Valentina Ivanovna Kupnova. Produz Vídeos amadores para o You Tube onde já atingiu o número superior a Um Mil Vídeos. É Ministro da Palavra, da Comunidade São Paulo, Paróquia São José Operário, desde Dezembro de 2009 e pertence a Pastoral Familiar da referida Comunidade e Paróquia. Envolvido em lutas comunitárias desde 22/04/1979, conforme histórico da AMBES. Confira Registro de Clério como Escritor na BIBLIOTECA NACIONAL. Confira Opinião sobre a obra ALVOR POÉTICO. Em 1987 concedeu inclusive entrevista a Leda Nagle, em Rede Nacional, no programa "Sem Censura" da TV Educativa do Rio de Janeiro. O Livro "História da Serra", 1ª Edição, foi eleito MELHOR LIVRO de 1998, publicado em prosa no Brasil e a cerimônia oficial de premiação foi realizada em abril de 1999, conforme comunicação da Professora e Acadêmica, Maria Aparecida de Mello Calandra, IWA, Presidente da Sociedade de Cultura Latina do Brasil, Mogi das Cruzes - São Paulo. No Dia 10/02/2007, em pleno Carnaval Capixaba, Clério José Borges foi homenageado, no SAMBÃO DO POVO, em Vitória, ES, como Historiador pela Escola de Samba ROSAS DE OURO, do Município da Serra, Espírito Santo, presidida pelo Carnavalesco Marcos Caran. Clério desfilou como Destaque num Carro alegórico pois o enredo "SERRA 450 ANOS DE FUNDAÇÃO, foi baseado no Livro HISTÓRIA DA SERRA, de Clério José Borges. No dia 12 de Setembro de 2009 a convite de Júlio Cesar Batista Nogueira, conhecido como Júlio Autor, o Escritor Clério José Borges participou das filmagens do Vídeo Documentário, NOVA ALMEIDA EM UM OLHAR. No dia 05 de Junho de 2010, no Salão de Festas CENSI, em Itabira, Minas Gerais, Clério José Borges recebeu o título de DESTAQUE DO ANO e TROFÉU CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE, numa promoção do Jornalista e Colunista Social de Itabira, MG, Eustáquio Lúcio Felix. Clério José Borges trabalhou profissionalmente, como Jornalista do Jornal "A Tribuna", de Vitória, ES. Foi Repórter Iniciante (Foca), de Janeiro a Março de 1969 e promovido, em seguida, a Repórter e depois a Redator, com Carteira Assinada, trabalhando até 1972. Depois teve uma lingeira passagem pelo Jornal O Diário, (Já extinto), também de Vitória, ES e, em seguida, participou de um Concurso Público, classificando-se em 1º Lugar, sendo Servidor Público da Área de Segurança, (Escrivão de Polícia), tendo trabalhado por 35 anos e alguns meses, tendo recebido homenagens e recebido as Medalhas de Bronze, Prata e Ouro por Serviços prestados na Polícia Civil. Ver ELOGIO. Ver uma das Homenagens que recebeu na Polícia, AQUI. Clério José Borges aposentou-se como Escrivão de Polícia Civil do Estado do Espírito Santo, pela Portaria N.º 081, de 18 de Janeiro de 2011, publicada na página 05 do Diário Oficial do Estado do Espírito Santo do dia 20 de Janeiro de 2011, onde consta, "aposentadoria por tempo de contribuição, a partir de 17 de Setembro de 2010, (...), computados 37 anos, 02 meses e 19 dias de Tempo de contribuição. (...) Processo 01901621". O Jornal "A Tribuna" é um dos mais conceituados Jornais do Estado do Espírito Santo, disputando a preferência popular com o Jornal A Gazeta. Clério, em A Tribuna, além de Reporter e Redator foi comentarista de Cinema e chegou a Chefe de Reportagem, trabalhando com os consagrados Jornalistas Marien Calixte, Plínio Marchini, Rubinho Gomes, Paulo Bonates, Sérgio Egito, Nelson Serra e Gurgel, Paulo Maia, Pedro Maia e os falecidos Vinicius Paulo Seixas e Cláudio Bueno Rocha... Clério José Borges foi professor das Escolas: Roberto de Souza Lee (Vila Velha); Colégio Comercial Brasil (Cobilândia, Vila Velha); Clóvis Borges Miguel (Serra); Instituto de Educação (Vitória), etc... Clério ministrou Cursos de Iniciação ao Jornalismo e Meios de Comunicação e de Recepcionista de Banco e Escritório em várias cidades do Estado e em Minas Gerais (Governador Valadares, Mantena e Carangola) e bairros da Grande Vitória. Como Trovador e Historiador realizou Palestras Culturais e representa no Espírito Santo o Movimento Poético, MPN e a Sociedade de Cultura Latina e a Casa do Poeta Brasileiro, Poebras. Clério sempre realiza Oficina de Criação Poética. Em 2002 foi convidado pela Prefeitura da Serra e ministrou uma Oficina Literária de Trovas. Clério José Borges foi Professor em Cobilândia, de 1977 a 1980. O Colégio Comercial "Brasil", do bairro de Cobilândia, no Município de Vila Velha oferecia cursos de 1º Grau durante o dia e à noite, cursos de 7ª e 8ª Séries de 1º Grau e Cursos de Administração e Contabilidade. Clério foi contratado como Professor, com Carteira Profissional assinada.
ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL - Belo Horizonte, MG, dia 23 de Agosto de 2011 - Em solenidade presidida pelo Dr. Mário Carabajal, Presidente Nacional Fundador da ALB - Academia de Letras do Brasil e com a coordenação geral da Acadêmica Sílvia de Lourdes Araújo Motta, Escritora, Poeta, Doutora em Filosofia Universal, Cadeira 2 (dois) de Minas Gerais, Presidente “pro tempore” da ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL-ALB de MINAS GERAIS, realizada na sede do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, na Rua Guajajaras 1268, (sobreloja), Belo Horizonte, Minas Gerais, recebeu a Medalha do Mérito Cultural AFONSO PENA e foi empossado como Acadêmico Imortal, seguidor de Platão, o Escritor Capixaba, CLÉRIO JOSÉ BORGES DE SANT ANNA, Presidente do CTC, Clube dos Poetas Trovadores Capixabas.

Postado no Facebook. Dia 19/10/2013 pelo Jornalista Jose Carlos Bacchetti: "Os primeiros passos a gente nunca esquece. Já estava no rádio, mas no jornal não. Ainda desconhecia a técnica jornalística, quando este cidadão - gente da melhor qualidade-, Clério José Borges, foi meu professor num cursinho de jornalismo. Hoje continuamos amigos e eu, seu admirador!"




Foto de Clério José Borges por ocasião de sua primeira Comunhão no Colégio dos Irmãos Maristas, em Vila Velha, ES e foto com a Medalha Afonso Pena recebida em 23 de Agosto de 2011, em Belo Horizonte, MG. Comenda Mestre Álvaro recebida em Dezembro no Shopping Mestre Álvaro Serra ES.

Foto 01: Placa Especial recebida por Clério José Borges, no dia 15 de Setembro de 2005, na Sessão Solene do Dia do Historiador da Serra, presidida pelo Vereador João de Deus Corrêa, o Tio João. A Placa diz: " Diploma de Honra ao Mérito. HISTORIADOR SERRANO. CLÉRIO JOSÉ BORGES DE SANT ANNA. A Câmara Municipal da Serra, através do Vereador João de Deus Corrêa - Tio João, confere o TÍTULO DE HONRA AO EMÉRITO HISTORIADOR SERRANO, ESCRITOR CLERIO JOSÉ BORGES DE SANT ANNA, por sua brilhante capacidade de Criação Literária, Emérito Trabalho de Pesquisador da História da Serra. Serra, Estado do Espírito Santo, 15 de Setembro de 2005. Assinado: João de Deus Corrêa - Tio João, Vereador Proponente e Adir Paiva, Presidente".

Foto 02: Belo Horizonte, MG, dia 23 de Agosto de 2011 - Em solenidade presidida pelo Dr. Mário Carabajal, Presidente Nacional Fundador da ALB - Academia de Letras do Brasil e com a coordenação geral da Acadêmica Sílvia de Lourdes Araújo Motta, Escritora, Poeta, Doutora em Filosofia Universal, Cadeira 2 (dois) de Minas Gerais, Presidente “pro tempore” da ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL-ALB de MINAS GERAIS, realizada na sede do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, na Rua Guajajaras 1268, (sobreloja), Belo Horizonte, Minas Gerais, receberam a Medalha do Mérito Cultural AFONSO PENA e foram empossados como Acadêmicos Imortais, seguidores de Platão, os Escritores Capixabas, CLÉRIO JOSÉ BORGES DE SANT ANNA e KÁTIA MARIA BOBBIO LIMA, respectivamente Presidente e Vice Presidente do CTC, Clube dos Poetas Trovadores Capixabas. A solenidade que foi muito bem organizada contou com a Diplomação de mais 38 Acadêmicos Imortais entre as quais a premiadíssima Escritora de Minas Gerais, Zeni de Barros Lana. No evento duas brilhantes apresentações musicais, inclusive a do Coral Luís de Camões, que foi aplaudido de pé por todos os presentes. Na foto Clério e a Medalha Afonso Pena.



OBSERVAÇÃO: Permitimos a livre reprodução do conteúdo e agradecemos a citação da fonte com a inclusão de nosso link, se possível.

Fonte de Pesquisa:
Borges, Clério José - Livro História da Serra, 1a. 2a. e 3a Edição - 1998, 2003 e 2009 - Editora Canela Verde -

Borges, Clério José - Livro Dicionário Regional de Gírias e Jargões - 2010 - Editora Canela Verde -



VOLTAR

PARA A PÁGINA PRINCIPAL


Copyright © 2013 / 2014 - All Rights Reserved:
CJBS