MISSA EM TROVAS. Texto da Missa em Trovas. Oração de São Francisco de Assis. Hino dos Trovadores Capixabas. Missa da Igreja Católica Apóstólica Romana, realizada com Trovas (Poesias) de Autoria do Poeta Trovador A A de Assis (Antônio Augusto de Assis), com a participação de Poetas Trovadores de diversos Estados do Brasil, numa organização de Clério José Borges, Poeta Trovador Capixaba (Canela Verde). Padre Marcelo Margon, pároco da Igreja Matriz Nossa Senhora da Conceição da Serra. Fotos da Missa em Trovas e do Congresso Brasileiro de Poetas Trovadores de 2007, na Serra Sede, ES, Espírito Santo, Brasil, promovido pelo Clube dos Poetas Trovadores Capixabas, CTC. O Clube dos Trovadores Capixabas, CTC divulga o Resultado Oficial e definitivo do Concurso Nacional e Internacional de Trovas de 2007, com tema SAÚDE E PAZ. A Trova em Destaque. CONGRESSO BRASILEIRO DE POETAS TROVADORES, de 04 a 07 de Outubro de 2007, na Serra, Sede, Espírito Santo, ES. Apoio Arcelor Mittal Tubarão CST Lei Chico Prego Prefeitura Municipal da Serra - Secretaria de Cultura Turismo Esporte e Lazer da Serra, ES. CONVITE - A Cidade da Serra, situada na Região Metropolitana da Grande Vitória, Capital do Estado do Espírito Santo, região litorânea com praias maravilhosas e atendida pela BR 101, sediará de 04 a 07 de Outubro de 2007, o V CONGRESSO BRASILEIRO DE POETAS TROVADORES, evento Cultural de divulgação da Trova e da Poesia em geral. <br> TROVADORISMO. TROVADOR. TROVA. Para participar não precisa ser trovador, basta gostar de poesia. As palestras abordarão temas relativos à poesia e à literatura em geral. <br>O participante que desejar poderá aprender a fazer trovas numa oficina que será ministrada durante o congresso. <br> A solenidade de abertura do CONGRESSO, será no dia 04/10/2007, na Sessão Solene do Dia Municipal do Poeta Trovador, na Câmara Municipal da Serra, ES, com início às 19 horas. Poderão se inscrever no Congresso, pessoas de todo o País. (Estudantes, Professores, Pesquisadores, Poetas, escritores e Trovadores). Peça FICHA DE INSCRIÇÃO e detalhes do Congresso, escrevendo para o CTC no endereço acima. - Clube dos Poetas Trovadores Capixabas, CTC / Clério José Borges /ES/ Brasil.Fotos. Missa em Trovas. Missa da Igreja Católica Apóstólica Romana, realizada com Trovas (Poesias) de Autoria do Poeta Trovador A A de Assis (Antônio Augusto de Assis), com a participação de Poetas Trovadores de diversos Estados do Brasil, numa organização de Clério José Borges, Poeta Trovador Capixaba (Canela Verde). Fotos da Missa em Trovas e do Congresso Brasileiro de Poetas Trovadores de 2007, na Serra Sede, ES, Espírito Santo, Brasil, promovido pelo Clube dos Poetas Trovadores Capixabas, CTC. O Clube dos Trovadores Capixabas, CTC.

CLÉRIO'S HOME PAGE
CLÉRIO JOSÉ BORGES DE SANT´ANNA                                             VOLTAR

V CONGRESSO BRASILEIRO DE POETAS TROVADORES
De 04 a 07 de Outubro de 2007
SERRA SEDE - ESPÍRITO SANTO - Brasil

FOTOS DA MISSA EM TROVAS

No dia 07 de Outubro de 2007, com início às 09 horas da manhã, foi realizada a Missa em Trovas, celebrada pelo Padre Marcelo Margon, Pároco da Igreja Nossa Senhora da Conceição da Serra, durante o V Congresso Brasileiro de Poetas Trovadores, evento organizado pelo Clube dos Trovadores Capixabas, CTC.

MISSA EM TROVAS

Dia 07/10/2007. Paróquia Nossa Senhora da Conceição – Serra-ES.

V Congresso Brasileiro de Poetas Trovadores, realizado de 04 a 07/10/2007, na Serra Sede – ES.

 

Poema de abertura

Leitura pelo Trovador Clério José Borges,  Serra, ES.

 

            Deus, no princípio, descerra / o palco da criação: / cria o céu e cria a terra / e enche de luz a amplidão.

            Cria as águas e as reparte / em rios, lagos e mares, / e com ternura e com arte / cria os bosques e os pomares.

            Coloca milhões de estrelas / na abóbada imensa e nua, / e acende no meio delas / o sol e em seguida a lua.

            Faz que as águas se povoem / de peixes – grandes, pequenos, / e manda que as aves voem / com seus festivos acenos.

            Num outro gesto ele faz / aparecer sobre a terra / toda espécie de animais: / os da planície e os da serra.

            E o paraíso está feito, / e tudo está muito bem: / um mundo lindo, perfeito, / em tudo o que ele contém.

            E é nessa alegre paisagem / que Deus finalmente lança / alguém que é a sua imagem. / sua própria semelhança.

 

TROVADORA NEIVA FERNANDES – Campos dos Goytacazes – RJ

 

            “Façamos – diz o Senhor - / o homem; e a companheira / com quem partilhe o esplendor / e a graça da terra inteira.”

            Cria-os Deus na excelência / da justiça e da verdade, / e dá-lhes a inteligência / e a vontade e a liberdade.

            Dá-lhes a luz, o calor; / dá-lhes o ar, o alimento; / dá-lhes o aroma da flor; / e a chuva e o luar e o vento.

            E lhes confere o poder / de ter o mundo nas mãos; / e a missão de conceber / um grande povo de irmãos.

 

ACOLHIDA

COM.: Em nome do Deus de amor / acolho a Comunidade / visitante, Trovador / todos de boa vontade.

 

Rezando sempre o Rosário / o celebrante do dia / Padre Marcelo / acolhido com alegria.

 

Cantemos Iniciando nossa Santa Missa

 

PADRE:

Eu vos saúdo no brilho / deste dulcíssimo canto: / EM NOME DO PAI, DO FILHO, / E DO ESPÍRITO SANTO.

Todos- Amém

 

Padre: Que o Pai, o Espírito Santo, / e o Cristo, nosso Senhor, / nos acolham no acalanto / da paz, da graça e do amor!

Todos: Bendito seja o bom Deus, / especialmente por isto: / - por unir os filhos seus / no fraterno amor do Cristo!

 

ATO PENITENCIAL

Padre:

Façamos, sinceramente, / a confissão dos pecados, / para viver santamente / estes mistérios sagrados.

Todos:  Humildemente confesso / a Deus todo-poderoso / os meus pecados, e peço / o seu perdão generoso.

 

Pequei por maus pensamentos / por palavras e omissões; / pequei por mais sentimentos / e por maldosas ações.

Reconheço a minha culpa, / a minha grave fraqueza, / a minha tão grande culpa / que me dá tanta tristeza.

E peço à Virgem Maria, / aos anjos, santos e irmãos, / roguem a Deus todo dia / pela minha salvação!

 

Padre: Senhor, tende piedade de nós!

Todos:  Senhor, tende piedade de nós!

Padre:  Cristo, tende piedade de nós!

Todos:  Cristo, tende piedade de nós!

Padre:  Senhor, tende piedade de nós!

Todos:  Senhor, tende piedade de nós!

 

Padre

- Que Deus tenha compaixão / de nós, seus filhos amados, / e apague, com seu perdão, / todos os nossos pecados.

Que a bondade do Senhor, / tão carinhosa e tão eterna, / encharcando-nos de amor, / nos conduza a vida eterna!

 

Todos:  Amém!

 

CANTO DO GLÓRIA

 

Padre:

- Oremos: --Ó Deus Pai, Deus da bondade, / dai-nos a graças, Senhor, / de fazer vossa vontade / a aprender a amar o amor!      -Por N.S.J.C.

Todos:  Amém!

 

LITURGUA DA PALAVRA

ENTRADA DA PALAVRA

(Será feita pelo casal Clério Borges  e Zenaide)

 

Eis a “Palavra de Deus” / Seja a Bíblia um real guia / Para nós – os filhos seus / Vivermos em Paz e Harmonia.

 

A “Palavra de Jesus” / só nos ensina a verdade / Descubramos sua luz, brilhando na eternidade.

 

Cantemos para receber o Livro Sagrado.

 

COM.:  PRIMEIRA LEITURA

Nossa fé fortalecei / Clamamos a Ti Senhor /

Pois a Ti sempre amarei/ e o justo tem seu valor!

 

1ª.LEITURA-Leitura do Livro de Habacuc 1,2-3; 2,2-4

(Será feita pelo Trovador Paulo de Oliveira da cidade

De Formiga-M.G.)

 

SALMO DE RESPONSORIAL (94)

(Será feito por João e Silvana – Equipe Liturgia)

 

COM.: SEGUNDA LEITURA

Paulo exorta todo povo / a testemunhar Jesus/

O Espírito Santo novo / com muita Fé, muita Luz.

 

2ª.LEITURA-Leitura do Livro 2º.Timóteo 1,6-8; 13-14

(Será feita pela Trovadora Cleusa Vidal  de Vila Velha)

 

COM.:  EVANGELHO

A nossa Fé aumentai / Testemunhando Jesus /

E ao mundo todo clamai / Senhor da Divina Luz.

Aclamemos o Santo Evangelho cantando.

 

CANTO DE ACLAMAÇÃO

 

EVANGELHO (Lucas 17, 5-10)

Padre – O senhor esteja conosco.

Todos – Ele está no meio de nós.

Padre - Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Lucas.

Todos – Glória a vós, Senhor!

 

PALAVRA DA SALVAÇÃO.

Todos – Glória a vós, Senhor!

 

HOMILIA

Padre – (Espontânea)

 

PROFISSÃO DE FÉ

Todos:

            Creio em Deus, Pai Criador, / Deus Pai todo-poderoso, / que fez com tanto primor / o céu e um mundo formoso.

            Creio em seu filho, Jesus, / o Cristo, nosso Senhor; / Jesus Cristo, nossa luz, / Deus - conosco o Salvador.

            Concebido na alegria, / no amor do Espírito Santo, / nasceu da virgem Maria, / Mãe de Deus e nosso encanto.

            Sob Pilatos sofreu, / depois foi crucificado, / humilhações padeceu, / foi morto e foi sepultado.

            Ao chão dos mortos desceu, / ressuscitou em três dias, / e aos céus e à glória ascendeu, / confirmando as profecias.

            Está sentado à direita / do Pai, de onde vai voltar, / para, de forma perfeita, / vivos e mortos julgar.

            No Espírito Santo eu creio, / e creio na santa Igreja / Católica, em cujo meio / o amor habita e viceja.

            Eu creio na comunhão / dos santos, de hoje e passados; creio também no perdão, / na remissão dos pecados.

            E de todo o coração, / com a fé fortalecida, / creio na ressurreição, / eu creio na eterna vida!

- Amém!

 

ORAÇÃO DA ASSEMBLÉIA

 

Padre – Rezemos irmãos e irmãs, / pelos que crêem no amor; / pelos que apertam nas mãos / as mãos do irmão sofredor!

 

Trovador I: Pelos irmãos trovadores, / que no seu canto feliz, / são os meigos seguidores / de São Francisco de Assis.

 

Todos – Senhor, escutai a nossa prece!

 

Trovador II: Pelos que assumem, cantando, / a pureza das crianças, / e estão sempre cultivando / sementeiras de esperanças.

 

Todos – Senhor, escutai a nossa prece!

 

Trovador III:  Pelo autêntico poeta, / que extrai do seu coração / a mensagem de um profeta / que ensina a partir o pão.

 

Todos – Senhor, escutais a nossa prece!

 

Trovador IV: Por todos os que, na terra, / semeiam versos de amor; / pelo bem que a trova encerra, / vamos rezar ao Senhor!

 

Todos – Senhor, escutai a nossa prece!

 

Padre – Atendei nossos pedidos, / Pai do céu, e abençoai / todos nós aqui reunidos, / e aos poetas inspirai.

 

Por Jesus, que é Deus - conosco, / e é nosso amigo, portanto, / Jesus que reina convosco / e com o Espírito Santo.

Todos – Amém!

 

LITURGIA SACRAMENTAL

 

COM.: OFERTÓRIO

Vos ofertamos Senhor / Frutos da nossa emoção /

Nosso trabalho e amor / que nasce do coração.

 

(O ofertório será feito pelo casal Agostinho Rodrigues e Neiva de Campos – R.J.

 

CANTO DO OFERTÓRIO

Padre – Orai, irmãos e irmãs...

 

Todos – Por tuas mãos o Senhor / receba este sacrifício, / por sua glória e louvor, / para que o nosso benefício, / e em benefício da Igreja, / para que a cada segundo / unida e santa ela seja / o rosto de Deus no mundo.

 

Padre - Ó Deus, que quisestes pôr / tantos dons em nossas mãos, / dai-nos servir com amor / a vós em nossos irmãos! – Por Cristo, nosso Senhor...

 

Todos – Amém!

 

ORAÇÃO EUCARÍSTICA

Padre – O Senhor esteja convosco.

Todos – Ele está no meio de nós.

Padre – Corações ao alto.

Todos – O nosso coração está em Deus.

Padre – Demos graças ao Senhor, nosso Deus.

Todos – É nosso dever e nossa salvação.

 

Padre – Ó Pai vos agradecemos / o vosso amor infinito / e o mundo no qual vivemos, / tão florido, tão bonito.

 

Queremos, ó Pai, queremos / cantar em vosso louvor. / Alegres vos louvaremos, / com Jesus, o Salvador.

 

Todos – Louvado seja o pai que tanto nos ama!

 

Padre – Por amor destes a nós / vosso Filho Jesus, / para que nos leve a vós / envoltos na nossa luz.

 

Todos – Louvado seja o pai que tanto nos ama!

 

Padre – Por vossos dons, que são tantos, / ó Pai, vos agradecemos, / e com os anjos e os santos / cantando vos bendizemos.

 

CANTO DO SANTO

 

Padre – Ó Deus Pai, seja louvado / o vosso Filho, a esperança / do pobre, do injustiçado, / do velhinho e da criança.

 

Ele nos veio ensinar / a amar-vos de coração, / ensinando-nos a amar / o próximo como irmão.

Todos – Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas!

 

Padre – Jesus veio libertar-nos / da tristeza e da maldade; / veio ao mundo anunciar-nos / a paz e a felicidade.

Por amar-nos tanto, tanto, / prometeu de viva voz / que a luz do Espírito Santo / ficaria sempre em nós.

 

Todos – Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas!

 

Padre – Enviai, ó Deus, nosso Pai, o vosso Espírito Santo, para que este pão e este vinho se tornem o corpo e o sangue de Jesus Cristo, vosso Filho e Senhor nosso, que nos mandou celebrar este mistério.

Todos – Bendito o que vem em nome do Senhor! Hosana nas alturas!

 

Padre – Na noite em que ia ser entregue, Jesus tomou o pão, deu graças, e o partiu e deu a seus discípulos, dizendo:

TOMAI, TODOS, E COMEI: ISTO É O MEU CORPO, QUE SERÁ ENTREGUE POR VÓS.

 

Do mesmo modo, ao fim da ceia, ele tomou o cálice em suas mãos, deu graças novamente, e o deu a seus discípulos, dizendo:

 

TOMAI, TODOS, E BEBEI: ESTE É O CÁLICE DO MEU SANGUE, O SANGUE DA NOVA E ETERNA ALIANÇA, QUE SERÁ DERRAMADO POR VÓS E POR TODOS, PARA REMISSÃO DOS PECADOS. FAZEI ISTO EM MEMÓRIA DE MIM. Eis o mistério da fé!

 

Todos– Salvador do mundo salvai-nos, vós que nos libertastes pela cruz e ressurreição.

 

Padre – Por isso lembramos / a morte e a ressurreição / de Jesus, a quem louvamos / pela nossa salvação.

Ele mesmo se doou / para ser o sacrifício / que agora aqui renovou / para o nosso benefício.

 

Todos– Glória e louvor a Jesus, que nos leva ao Pai!

 

Padre – Nossas preces escutai / e acolhei nosso fervor. / Aos vossos filhos, Deus Pai, / daí o espírito de amor!

Guiai-nos e a toda a Igreja / pelos caminhos do amor, / ao Papa Bento XVI, / e ao nosso Bispo Dom Luiz....

E ao outros Bispos também, / e aos padres, / e a tantos quantos / semeiam no mundo bem, / fazendo os homens mais santos.

Todos – Glória e louvor a Jesus, que nos leva ao Pai!

 

Padre – Pedimos também, Senhor, / pelos irmãos falecidos. / Que em vosso reino de amor / estejam todos reunidos.

Que estejam eles agora / na eternidade feliz, / juntinho a Nossa Senhora / e a São Francisco de Assis, com todos os que no mundo / souberam seguir Jesus, / buscando a cada segundo / a paz na divina luz.

Todos – Glória e louvor a Jesus, que nos leva ao Pai!

 

Padre – Por Cristo, com Cristo, em Cristo, a vós, Deus Pai todo-poderoso, na unidade do Espírito Santo, toda honra e toda glória, agora e para sempre.

Todos – Amém! (Cantado)

 

COM – Querida irmã, caro irmão, / buscando junto a luz, vamos rezar a oração / que aprendemos com Jesus.

Todos – Pai nosso, que estás no céu, / teu nome é santificado. / Venha a nós, num puro véu, / o teu reino abençoado. Faça-se a tua vontade / na terra no céu, Senhor, / e que toda a humanidade / aceite viver no amor. / Nosso pão de casa dia / jamais permitas faltar: / o pão que traga a alegria / a todos, em cada lar. Perdoa – nós te rogamos - / as ofensas cometidas, / tal como nós perdoamos / as ofensas recebidas. / E ao mesmo tempo, Senhor, / em que nos dás teu perdão, / dá nos forças para impor / resistência à tentação. / Livra-nos de todo mal, / levando-nos para o bem. / E o teu amor paternal / nos encha de luz. Amém!

 

Padre – Dos males, ó Pai, livrai-nos; / dai-nos a paz, Pai amigo. / Do pecado libertai-nos, / e livrai-nos do perigo, enquanto na fé, que é linda, / e na esperança e no amor, / nós aguardamos a vinda / de Jesus, o Salvador.

Todos – Vosso é o reino, o poder e a glória para sempre.

 

Padre – Senhor Jesus Cristo, que dissestes aos vossos apóstolos: Eu vou deixo a paz, eu vos dou a minha paz. Não olheis os nossos pecados, mas a fé que anima a vossa Igreja; dai-lhe, segundo o vosso desejo, a paz e a unidade. Vós, que sois Deus, com o Pai e o Espírito Santo.

 

Todos– Amém!

 

Padre – A paz do Senhor esteja convosco!

Todos – O amor de Cristo nos uniu!

 

Padre – Minhas irmãs, meus irmãos, / em Cristo vamos saudar-nos, / trocando apertos de mãos / para confraternizar-nos!

 

CANTO DA PAZ (Todos se cumprimentam como de costume)

Todos – Cordeiro de Deus, piedade, / tende piedade de nós! Cordeiro de Deus, piedade, / tende piedade de nós! / Cordeiro, dai-nos a paz / e a alegria também! Cordeiro, dai-nos a paz, / o amor e a esperança. Amém!

Padre – Felizes os convidados para a ceia do Senhor! – Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!

Todos – Senhor, eu não sou digno de que entreis em minha morada, mas dizei uma palavra e serei salvo!

 

CANTO DE COMUNHÃO

 

Após a comunhão: Ação de Graças

 

Trovador I – Muito obrigado, Jesus, / porque, pela Eucaristia, / renovastes em nós a luz / da verdadeira alegria.

 

Trovador II - Obrigado, Cristo amigo, / pelo Vinho e pelo Pão, / que nos irmanam contigo, / numa perfeita união.

 

Trovador III - Agradecemos, Senhor, / o dom imenso da vida, / e a fé, e a esperança, o amor, / e a terra farta e florida.

 

Trovador IV - Senhor Jesus, obrigado, / porque toda natureza / é o sublime resultado / de um repartir de beleza.

 

Trovador V - De um repartir de bondade / que há no coração de Deus, / visando à felicidade / de todos os filhos seus.

 

Trovador VI - Por isso também queremos / repartir o nosso pão: / o pão com que alimentemos / a boca de um nosso irmão.

 

Trovador VII - E o pão de nossa alegria, / e o pão de nossa cultura, / e o pão de nossa poesia, / e o pão de nossa ternura.

 

Trovador VIII - Pois repartindo é que a gente, / fazendo a tua vontade, / lança no mundo a semente / da eterna fraternidade!

 

Padre – Saudemos,  irmãos, agora, / Maria, mãe de Jesus. / Saudemos Nossa Senhora, / nossa mãe e nossa luz!

 

Todos – Maria, cheia de graça, / contigo esteja o Senhor! / Maria que nos enlaças / na graça do teu amor! / Bendita és tu, mãe querida, / entre as santas a mais santa; / mãe que embalas nossa vida / com ternura e nos encantas! / Bendito o fruto divino / que do teu ventre nasceu; / Bendito Jesus menino, / que junto de ti cresceu! / Roga por nós pecadores, roga por nós ó Maria; / alivia as nossas dores, / dá-nos a paz e a alegria! / Dá-nos, Maria, suporte / agora e sempre, e também / na hora da nossa morte / - Amém, mãe querida, amém!

 

RITOS FINAIS –

Padre – OREMOS – Deus do amor, nosso alimento, / que esta santa Eucaristia / faça de nós instrumento / de paz, justiça e alegria.

Que do egoísmo libertos / estendamos nossa mãos / e estejamos sempre abertos / ao serviço dos irmãos!

 

- POR CRISTO, NOSSO SENHOR!

Todos – Amém!

 

MOMENTO ESPECIAL

ORAÇÃO DE SÃO FRANCISCO                            

(Padroeiro dos Poetas Trovadores Brasileiros)

Senhor fazei-me instrumento de vossa paz;

Onde houver ódio , que eu leve o amor;

Onde houver discórdia, que eu leve a união

Onde houver dúvidas, que eu leve a fé;

Onde houver erros, que eu leve a verdade;

Onde houver ofensa, que eu leve o perdão;

Onde houver desespero, que eu leve a esperança;

Onde houver tristeza, que eu leve a alegria;

Onde houver trevas, que eu leve a luz.

Ó Mestre, fazei com que eu procure mais consolar, que ser consolado;

Compreender, que ser compreendido;

Amar, que ser amado;

Pois é dando que se recebe.

É perdoando, que se é perdoado;

E é morrendo, que se vive para a vida eterna.

 

APRESENTAÇÃO - NOTÍCIAS – AVISOS

 

(Notícias e avisos de responsabilidade da comunidade)

Nesse momento o Padre dá a benção final e informa a assembléia que haverá apresentação dos trovadores e serão declamadas  algumas trovas.

 

Agradecimentos à Comunidade. Mensagem do Presidente do CTC – Clube dos Trovadores Capixabas. Apresentação dos Poetas Trovadores – Coordenação Clério José Borges.

 

Gratos à Comunidade/ desta terra tão querida/ por tanta fraternidade/ na mais humana acolhida.

 

APRESENTAÇÃO DOS TROVADORES

          Cleusa Vidal; Moacir Malacarne; Clério José Borges; Repentista Pedro Maciel da Silva, o Ceará; Jacy Gomes Romeiro (MG); Agostinho Rodrigues (Campos); Juacy Lino Feu (Serra); Roque Pereira (Paraíba); Neiva (Campos); Osvaldo Luiz; Luiz Carlos do Couto; Levi Alucinação; Dalva Meirelles (RJ); Edmar Japiassú Maia e Outros visitantes.

 

CANTO: HINO DOS TROVADORES CAPIXABAS

(Autor Narceu Paiva Filho).

Salve o Clube Capixaba / De brilhantes Trovadores

/ Nossa chama nunca mais se apaga / Nossos versos serão sempre vencedores. / Vem comigo fazer Trovas,  / Vamos todos versejar / Neotrovismo nossa boa nova / Movimento literário pra ficar. / Clério Borges fundador. / Eno Wanke um estudante / Rocha Ramos propulsor / Divulgando com alegria a nossa arte.

 

HINO DA IMACULADA CONCEIÇÃO

Fim.

OBS.: MISSA COM TROVAS, DO TROVADOR A. A. ASSIS  (MARINGÁ – ESTADO DO PARANÁ)

 

Clube dos Poetas Trovadores Capixabas, CTC.

Rua dos Pombos, 2 – E. Salles – Serra – ES – 29160-280.

Tel.: 0xx 27 – 9257 8253 – www.clerioborges.com.br


ASSISTA AQUI PELO SISTEMA DE SLIDES, 256 FOTOS
DA MISSA EM TROVAS DE 2007, NA SERRA SEDE, ES



ASSISTA AQUI DOIS VÍDEOS
DA MISSA EM TROVAS DE 2007

         

VER OS VÍDEOS CONGRESO DOS POETAS TROVADORES 2007 SERRA SEDE
                             

Mande seu e-mail:

VOLTAR

PARA A PÁGINA PRINCIPAL

Copyright © 2008 - 2012 - All Rights Reserved: CJBS