CLÉRIO'S HOME PAGE
CLÉRIO JOSÉ BORGES DE SANT´ANNA                                             VOLTAR

VIII CONGRESSO BRASILEIRO DE POETAS TROVADORES 2011
EURICO SALLES - CARAPINA - SERRA GRANDE VITÓRIA ES

MISSA EM TROVAS
Veja abaixo o texto da Missa em Trovas celebrada no dia 06 de Novembro de 2011

HISTÓRICO - Foi realizado de 03 a 06 de Novembro de 2011, o Oitavo Congresso Brasileiro de Poetas Trovadores, promovido pelo Clube dos Trovadores Capixabas CTC, com apoio da Lei de Incentivo a Cultura da Serra, Lei Chico Prego; da Arcelor Mittal Tubarão; Magnesita; Loja Biss da Avenida Central, 901, em Laranjeiras; Prefeitura Municipal da Serra, Secretaria de Turismo, Cultura, Esporte Lazer e Livraria Doce Saber. O Congresso teve a duração de quatro dias na Sede da Associação de Moradores do Bairro Eurico Salles, AMBES, Distrito de Carapina, Município da Serra, no Estado do Espírito Santo.


Mesa que presidiu a Abertura Solene do Congresso de 2011: Sra. Regina Lúcia de Vargas Svensson; Maria Helena Firmo Pagotto; Aurélio Carlos Marques de Moura; Clério José Borges, com o microfone; Rogério Salgado; Secretária de Turismo e Cultura da Serra (ES) e representante do Prefeito, Berenice de Albuquerque Tavares; Acadêmico Paulo Negreiros; Vereadora Lourência Riani; Jornalista Ângelo Fernandes; Dr. Carlos Dorsch; João de Deus Corrêa, o Tio João e Agostinho Rodrigues. Na mesa, troféus, medalhas e a Bandeira Nacional.



DOMINGO: MISSA EM TROVAS, PRESENÇA DO PREFEITO E CONFRATERNIZAÇÃO

O encerramento foi com uma Missa em Trovas na histórica e centenária Igreja São João Batista de Carapina, Patrimônio Cultural, celebrada pelo Padre Italiano Pedro Settin, sendo animada por Ivaldo Sagrillo, com participação de grande público. Ao final da Missa, marcou presença o Exmo. Sr. Prefeito Municipal da Serra, Dr. Antônio Sérgio Alves Vidigal, que estava acompanhado de Secretários Municipais e vários assessores. A Missa foi no domingo (06), em Carapina Grande, quando o Prefeito assinou Ordem de Serviço para a restauração da Igreja (Capela) de São João de Carapina, em solenidade realizada após às 11 horas, no pátio da igreja. A restauração Igreja de São João de Carapina, erguida no final do século XVI, será feita pelo Instituto Goia. O instituto é especializado em restaurações e já fez várias obras desse tipo no Estado, a exemplo do Palácio Anchieta. A previsão é que a intervenção dure oito meses. O processo de restauração envolve o telhado, a estrutura de argamassa e alvenaria, a pintura, além da reconstituição das cores originais. O investimento é orçado em R$ 190 mil e faz parte das comemorações dos 455 anos da Serra e dos 450 anos de Carapina.


Oitavo Congresso Brasileiro de Poetas Trovadores - Fotos da MISSA EM TROVAS, realizada no último dia do evento, Domingo, dia 06/11/2011. Na 1ª foto, o Celebrante, Padre Pedro Settin, Pároco da Paróquia São José Operário de Carapina; Na 2ª foto, Padre Pedro e o animador Sagrillo; Terceira Foto: Deputado Estadual, Roberto Carlos, Vereadora Lourência Riani, Vice Prefeita, Madalena Santana, Prefeito Sérgio Vidigal, Padre Pedro Settin e Secretária de Turismo e Cultura, Berenice Tavares assistindo a apresentação dos Trovadores após a Missa em Trovas; Quarta foto: Rogério Salgado, contando com a ajuda de Clério José Borges lendo uma Poesia para o Prefeito e demais autoridades.

A MISSA EM TROVAS é de Autoria do Trovador Antônio Augusto de Assis, de Maringá, PR, com aldumas Trovas de Clério José Borges e Zeni de Barros Lana. A Missa foi celebrada pelo PADRE ITALIANO E COMBONIANO, PEDRO SETTIN, Pároco da Paróquia São José Operário, tendo ocorrido a apresentação do CORAL CANTANDO COM JESUS, da Comunidade São Paulo de Eurico Salles. Por volta das 14,00 horas, todos se dirigiram para a CONFRATERNIZAÇÃO FINAL, realizada na área de Lazer do SINDIPOL, Sindicato dos Policiais Civis do Espírito Santo, quando foram realizadas as Entregas de Troféus aos vencedores dos Concursos Relâmpagos de Trovas, com Tema, "Cidade da Serra" e "Natureza" e entrega de Certificados de participação para os frequentadores do Congresso e as Despedidas, com encerramento foi realizada por volta das 17,00 horas.


Oitavo Congresso Brasileiro de Poetas Trovadores - Fotos da MISSA EM TROVAS, realizada no último dia do evento, Domingo, dia 06/11/2011. Na 1ª foto, as autoridades, destacando-se a Vice Prefeita Madalena Santana e o Prefeito Municipal da Serra, Antônio Sérgio Alves Vidigal. Nas fotos 2 e 3, público presente na Missa em Trovas dentro da Tenda montada em frente a Capela Centenária e histórica de São João Batista de Carapina (Serra, ES). Na 4ª foto, o Dirigente da Missa, Ivaldo Sagrillo. A missa foi celebrada pelo Pároco, Italiano e Comboniano, que inclusive tocou Gaita, Pedro Settin.



MISSA EM TROVAS

Festa de Todos os Santos

Dia 06/11/2011 – Igreja São João Batista de Carapina – Patrimônio Histórico – Serra-ES.

VIII Congresso Brasileiro de Poetas Trovadores. De 03 a 06/11/2011, em Eurico Salles, Carapina, Serra – ES.

Celebrante PADRE PEDRO SETTIN, Pároco da Paróquia São José Operário de Carapina, Serra, ES.

 

Animador:

Ivaldo Sagrillo

Bom dia a todos e a todas. Em nome da Paróquia São José Operário de Carapina, composta de 18 Comunidades, quero saudar a todos os presentes e aos Poetas Trovadores visitantes. Com alegria nos reunimos aqui nesta Igreja Centenária histórica de São João Batista de Carapina para a realização da Missa em Trovas, no encerramento do Congresso Brasileiro de Poetas Trovadores e para a Festa de Santos e Santas de Deus, homens e mulheres que doaram e continuam doando sua vida pelos Irmãos.

No dia 24 de Junho de 1562 era inaugurada nesta região, pelo padre Braz Lourenço e pelo Chefe Indígena Araribóia, a Aldeia de São João Batista. Na ocasião foi celebrada uma Missa na Capela de palhas construída no interior da Aldeia Indígena. Em 1584 esta Igreja era inaugurada, edificada com paredes de pedras de recifes, argamassa de barro, areia, cal de conchas (ostras) e óleo de peixe (geralmente óleo de baleia), para sustentar as estruturas de madeira dos pisos e a cobertura em telhas de barro. A Igreja de São João passa a ser ponto de pousada dos viajantes que vinham de Vitória e iam para a Igreja dos Reis Magos (em Nova Almeida), para o Norte do Espírito Santo e para o Sul da Bahia, de modo especial a região de Porto Seguro. A excelente localização da Igreja também permitiria que os padres, através de mensagens do alto da torre, se comunicassem com os padres do Convento da Penha e da Igreja de Nova Almeida. Para tais mensagens, eram usadas grandes bandeiras de cores diferentes, permitindo que os padres soubessem de imediato a chegada de alguma autoridade ou a ocorrência de algum falecimento. No dia 24 de junho de 1569, padre José de Anchieta esteve nesta Igreja e realizou aqui um dos seus primeiros milagres.

Que a palavra de Deus ilumine nossa Caminhada e nos conduza a um Caminho de Justiça, Felicidade e Santidade. Nesta celebração registramos a participação do Coral Cantando com Jesus da Comunidade São Paulo, do bairro Eurico Salles.

Ouçamos o poema de abertura da nossa Missa em Trovas pelo Poeta Trovador, Escritor e Acadêmico, Clério José Borges:

 

Deus, no princípio, descerra / o palco da criação: / cria o céu e cria a terra / e enche de luz a amplidão.

Cria as águas e as reparte / em rios, lagos e mares, / e com ternura e com arte / cria os bosques e os pomares.

Coloca milhões de estrelas / na abóbada imensa e nua, / e acende no meio delas / o sol e em seguida a lua.

Faz que as águas se povoem / de peixes – grandes, pequenos, / e manda que as aves voem / com seus festivos acenos.

Num outro gesto ele faz / aparecer sobre a terra / toda espécie de animais: / os da planície e os da serra.

E o paraíso está feito, / e tudo está muito bem: / um mundo lindo, perfeito, / em tudo o que ele contém.

E é nessa alegre paisagem / que Deus finalmente lança / alguém que é a sua imagem. / sua própria semelhança.

“Façamos – diz o Senhor - / o homem; e a companheira / com quem partilhe o esplendor / e a graça da terra inteira.”

Cria-os Deus na excelência / da justiça e da verdade, / e dá-lhes a inteligência / e a vontade e a liberdade.

Dá-lhes a luz, o calor; / dá-lhes o ar, o alimento; / dá-lhes o aroma da flor; / e a chuva e o luar e o vento.

E lhes confere o poder / de ter o mundo nas mãos; / e a missão de conceber / um grande povo de irmãos.

 

Animador:

Em nome do Deus de amor / acolho a Comunidade / visitante, Trovador / todos de boa vontade.

Seja tão bem acolhido / o celebrante do dia / O padre Pedro, querido / recebido em alegria.

E, que a nossa caminhada/ com muita Paz e acalanto./ seja a Procissão de entrada/ Iniciada com um canto.

(CANTO 78 – PROCISSÃO DE ENTRADA)

PADRE:

Eu vos saúdo no brilho / deste dulcíssimo canto: / EM NOME DO PAI, DO FILHO, / E DO ESPÍRITO SANTO.

Todos- Amém

 

PADRE:

Que o Pai, o Espírito Santo, / e o Cristo, nosso Senhor, / nos acolham no acalanto / da paz, da graça e do amor!

 

TODOS:

Bendito seja o bom Deus, / especialmente por isto: / - por unir os filhos seus / no fraterno amor do Cristo!

 

ATO PENITENCIAL

PADRE:

Façamos, sinceramente, / a confissão dos pecados, / para viver santamente / estes mistérios sagrados.

Todos:

Humildemente confesso / a Deus todo-poderoso / os meus pecados, e peço / o seu perdão generoso.

Pequei por maus pensamentos / por palavras e omissões; / pequei por mais sentimentos / e por maldosas ações.

Reconheço a minha culpa, / a minha grave fraqueza, / a minha tão grande culpa / que me dá tanta tristeza.

E peço à Virgem Maria, / aos anjos, santos e irmãos, / roguem a Deus todo dia / pela minha salvação!

 

(CANTO 151 – PERDÃO)

PADRE:

Que Deus tenha compaixão / de nós, seus filhos amados, / e apague, com seu perdão, / todos os nossos pecados.

Que a bondade do Senhor, / tão carinhosa e tão eterna, / encharcando-nos de amor, / nos conduza a vida eterna!

Todos: Amém!

 

(CANTO 192 – GLÓRIA)

PADRE:

- Oremos: -- Ó Deus Pai, Deus da bondade, / dai-nos a graças, Senhor, / de fazer vossa vontade / a aprender a amar o amor! - Por N.S.J.C.

Todos: Amém!

 

LITURGIA DA PALAVRA / ENTRADA DA PALAVRA

(Será feita pelo casal Clério José Borges e Zenaide)

 

ANIMADOR:

Eis a “Palavra de Deus” / Seja a Bíblia um real guia / Para nós – os filhos seus / Vivermos em Paz e Harmonia.

A “Palavra de Jesus” / só nos ensina a verdade / Descubramos sua luz, brilhando na eternidade.

Cantemos para receber o Livro Sagrado. (CANTO )

 

ANIMADOR:

Honra Louvor e o poder / sempre pertenceu ao Senhor / com vestes brancas vou ver / que o justo tem seu valor!

 

1ª. LEITURA

– Leitura do Livro do Apocalipse de São João. Apocalipse 7, 2-4. 9-14. (Será feita pela Trovadora Cleusa Lourdes Madureira Vidal)

 

SALMO DE RESPONSORIAL (23/24)

– (Gabriel – Equipe de Canto)

 

ANIMADOR:

João exorta todo povo / para conhecer Jesus / O Espírito Santo novo / com muita Fé, muita Luz.

 

2ª. LEITURA

– Leitura do Livro 1º. João 3, 1 – 3. (Será feita pela Trovadora )

 

EVANGELHO

ANIMADOR:

A nossa Fé aumentai

/ Testemunhando Jesus / E ao mundo todo clamai / Senhor da Divina Luz.

Aclamemos o Santo Evangelho cantando.

(CANTO 334 – ACLAMAÇÃO)

Padre – O senhor esteja conosco.

Todos – Ele está no meio de nós.

Padre - Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus.

Todos – Glória a vós, Senhor!

EVANGELHO (Mateus 5, 1-12) PALAVRA DA SALVAÇÃO.

Todos – Glória a vós, Senhor!

HOMILIA – Padre – (Espontânea)

 

ANIMADOR: VAMOS TODOS OLHANDO O FOLHETO, FAZER A NOSSA PROFISSÃO DE FÉ EM TROVAS

Todos: Creio em Deus, Pai Criador, / Deus Pai todo-poderoso, / que fez com tanto primor / o céu e um mundo formoso.

Creio em seu filho, Jesus, / o Cristo, nosso Senhor; / Jesus Cristo, nossa luz, / Deus - conosco o Salvador.

Concebido na alegria, / no amor do Espírito Santo, / nasceu da virgem Maria, / Mãe de Deus e nosso encanto.

Sob Pilatos sofreu, / depois foi crucificado, / humilhações padeceu, / foi morto e foi sepultado.

Ao chão dos mortos desceu, / ressuscitou em três dias, / e aos céus e à glória ascendeu, / confirmando as profecias.

Está sentado à direita / do Pai, de onde vai voltar, / para, de forma perfeita, / vivos e mortos julgar.

No Espírito Santo eu creio, / e creio na santa Igreja / Católica, em cujo meio / o amor habita e viceja.

Eu creio na comunhão / dos santos, de hoje e passados; creio também no perdão, / na remissão dos pecados.

E de todo o coração, / com a fé fortalecida, / creio na ressurreição, / eu creio na eterna vida! / - Amém!

 

PRECES – ORAÇÃO DA ASSEMBLÉIA

PADRE

– Rezemos irmãos e irmãs, / pelos que crêem no amor; / pelos que apertam nas mãos / as mãos do irmão sofredor!

 

Trovador I:

Pelos irmãos trovadores, / que no seu canto feliz, / são os meigos seguidores / de São Francisco de Assis.

Todos – Senhor, escutai a nossa prece!

 

Trovador II:

Pelos que assumem, cantando, / a pureza das crianças, / e estão sempre cultivando / sementeiras de esperanças.

Todos – Senhor, escutai a nossa prece!

 

Trovador III:

Pelo autêntico poeta, / que extrai do seu coração / a mensagem de um profeta / que ensina a partir o pão.

Todos – Senhor, escutai a nossa prece!

 

Trovador IV:

Por todos os que, na terra, / semeiam versos de amor; / pelo bem que a trova encerra, / vamos rezar ao Senhor!

Todos – Senhor, escutai a nossa prece!

 

Padre – Atendei nossos pedidos, / Pai do céu, e abençoai / todos nós aqui reunidos, / e aos poetas inspirai.

Por Jesus, que é Deus - conosco, / e é nosso amigo, portanto, / Jesus que reina convosco / e com o Espírito Santo. Todos – Amém!

 

LITURGIA SACRAMENTAL – OFERTÓRIO

ANIMADOR:

Vos ofertamos

Senhor / Frutos da nossa emoção / Nosso trabalho e amor / que nasce do coração. (O ofertório será iniciado pelo casal Agostinho Rodrigues e Neiva de Campos – R.J.

(CANTO 477 – OFERTÓRIO

 

ANIMADOR:

Por tuas mãos o Senhor / receba este sacrifício, / por sua glória e louvor, / para que o nosso benefício, / e em benefício da Igreja, / para que a cada segundo / unida e santa ela seja / o rosto de Deus no mundo.

PADRE –

Ó Deus, que quisestes pôr / tantos dons em nossas mãos, / dai-nos servir com amor / a vós em nossos irmãos! – Por Cristo, nosso Senhor...

Todos – Amém!

 

ORAÇÃO EUCARÍSTICA II

Padre – O Senhor esteja convosco...

 

(CANTO 1143 – SANTO)

 

RITO DA COMUNHÃO

ANIMADOR: VAMOS TODOS OLHANDO O FOLHETO, FAZER A LEITURA DO PAI NOSSO EM TROVAS

– Querida irmã, caro irmão, / buscando junto a luz,/ vamos rezar a oração / que aprendemos com Jesus.

 

Todos – Pai nosso, que estás no céu, / teu nome é santificado. / Venha a nós, num puro véu, / o teu reino abençoado. Faça-se a tua vontade / na terra no céu, Senhor, / e que toda a humanidade / aceite viver no amor. / Nosso pão de casa dia / jamais permitas faltar: / o pão que traga a alegria / a todos, em cada lar. Perdoa – nós te rogamos - / as ofensas cometidas, / tal como nós perdoamos / as ofensas recebidas. / E ao mesmo tempo, Senhor, / em que nos dás teu perdão, / dá nos forças para impor / resistência à tentação. / Livra-nos de todo mal, / levando-nos para o bem. / E o teu amor paternal / nos encha de luz. Amém!

 

PADRE –

Dos males, ó Pai, livrai-nos; / dai-nos a paz, Pai amigo. / Do pecado libertai-nos, / e livrai-nos do perigo, enquanto na fé, que é linda, / e na esperança e no amor, / nós aguardamos a vinda / de Jesus, o Salvador.

Todos – Vosso é o reino, o poder e a glória para sempre.

 

PADRE – ORAÇÃO DA PAZ –

Senhor Jesus Cristo, que dissestes aos vossos apóstolos: Eu vou deixo a paz, eu vos dou a minha paz. Não olheis os nossos pecados, mas a fé que anima a vossa Igreja; dai-lhe, segundo o vosso desejo, a paz e a unidade. Vós, que sois Deus, com o Pai e o Espírito Santo.

Todos– Amém!

PADRE –

A paz do Senhor esteja convosco!

Todos – O amor de Cristo nos uniu!

PADRE –

Minhas irmãs, meus irmãos, / em Cristo vamos saudar-nos, / trocando apertos de mãos / para confraternizar-nos!

 

CANTO 589 – DA PAZ (Todos se cumprimentam como de costume)

 

CANTO 708 – COMUNHÃO – Após a comunhão – ORAÇÃO

 

PADRE –

OREMOS – Deus do amor, nosso alimento, / que esta santa Eucaristia / faça de nós instrumento / de paz, justiça e alegria.

Que do egoísmo libertos / estendamos nossa mãos / e estejamos sempre abertos / ao serviço dos irmãos!

ORAÇÃO – ó Deus, admiramos e adoramos vossa imensa santidade na multidão dos vossos Santos. Pedimos também para nós vossa graça que santifica. E nós, que hoje participamos desta mesa de peregrinos, possamos um dia, nos assentar com vossos santos e santas no banquete do vosso reino. Por Cristo Nosso Senhor. Todos: AMÉM.

 

RITOS FINAIS

ANIMADOR: Convidamos agora todos os presentes que sentados assistamos a apresentação dos Poetas Trovadores Visitantes. Os Trovadores falarão nome e a cidade em que residem e lerão os textos em trovas conforme consta do folheto:

Trovador I – Muito obrigado, Jesus, / porque, pela Eucaristia, / renovastes em nós a luz / da verdadeira alegria.

Trovador II - Obrigado, Cristo amigo, / pelo Vinho e pelo Pão, / que nos irmanam contigo, / numa perfeita união.

Trovador III - Agradecemos, Senhor, / o dom imenso da vida, / e a fé, e a esperança, o amor, / e a terra farta e florida.

Trovador IV - Senhor Jesus, obrigado, / porque toda natureza / é o sublime resultado / de um repartir de beleza.

Trovador V - De um repartir de bondade / que há no coração de Deus, / visando à felicidade / de todos os filhos seus.

Trovador VI

- Por isso também queremos / repartir o nosso pão: / o pão com que alimentemos / a boca de um nosso irmão.

Trovador VII - E o pão de nossa alegria, / e o pão de nossa cultura, / e o pão de nossa poesia, / e o pão de nossa ternura.

Trovador VIII - Pois repartindo é que a gente, / fazendo a tua vontade, / lança no mundo a semente / da eterna fraternidade!

 

ANIMADOR: VAMOS TODOS OLHANDO O FOLHETO, FAZER A LEITURA DA AVE MARIA EM TROVAS

Saudemos irmãos, agora, / Maria, mãe de Jesus. / Saudemos Nossa Senhora, / nossa mãe e nossa luz!

Todos – Maria, cheia de graça, / contigo esteja o Senhor! / Maria que nos enlaças / na graça do teu amor! / Bendita és tu, mãe querida, / entre as santas a mais santa; / mãe que embalas nossa vida / com ternura e nos encantas! / Bendito o fruto divino / que do teu ventre nasceu; / Bendito Jesus menino, / que junto de ti cresceu! / Roga por nós pecadores, roga por nós ó Maria; / alivia as nossas dores, / dá-nos a paz e a alegria! / Dá-nos, Maria, suporte / agora e sempre, e também / na hora da nossa morte / - Amém, mãe querida, amém!

 

APRESENTAÇÃO - NOTÍCIAS – AVISOS.

(Notícias e avisos de responsabilidade da comunidade)

 

BENÇÃO FINAL:

Nesse momento o Padre dá a BENÇÃO FINAL

 

ANIMADOR: INFORMAMOS AOS PRESENTES QUE NESTE MOMENTO TEREMOS UMA APRESENTAÇÃO DO CORAL CANTANDO COM JESUS, DA COMUNIDADE SÃO PAULO DE EURICO SALLES E, EM SEGUIDA DOS TROVADORES E SERÃO DECLAMADAS POESIAS E TROVAS.

 

MOMENTO ESPECIAL

ORAÇÃO DE SÃO FRANCISCO

– (Padroeiro dos Poetas Trovadores Brasileiros)

Senhor fazei-me

instrumento de vossa paz; / Onde houver ódio, que eu leve o amor; / Onde houver discórdia, que eu leve a união / Onde houver dúvidas, que eu leve a fé; / Onde houver erros, que eu leve a verdade; / Onde houver ofensa, que eu leve o perdão; / Onde houver desespero, que eu leve a esperança; / Onde houver tristeza, que eu leve a alegria; / Onde houver trevas, que eu leve a luz. / Ó Mestre, fazei com que eu procure mais consolar, que ser consolado; / Compreender, que ser compreendido; / Amar, que ser amado; / Pois é dando que se recebe. / É perdoando, que se é perdoado; / E é morrendo, que se vive para a vida eterna.

 

AGRADECIMENTOS

à Comunidade. Mensagem do Presidente do CTC – Clube dos Trovadores Capixabas. Apresentação dos Poetas Trovadores – Coordenação Clério José Borges.

 

Gratos à Comunidade/ desta terra tão querida/ por tanta fraternidade/ na mais humana acolhida.

 

 

APRESENTAÇÃO DOS POETAS TROVADORES

• Deny de Paula Barros Pereira (RJ); Rogério Salgado e Bilá Bernardes, de Belo Horizonte, Minas Gerais; Cleusa Lourdes Madureira Vidal; Moacir Malacarne; Clério José Borges; Repentista Pedro Maciel da Silva, o Ceará; Agostinho Rodrigues (Campos); Juacy Lino Feu (Serra); Neiva Fernandes (Campos); Ruth Farah (Cantagalo, RJ); Luiz Carlos do Couto; Levi Alucinação (São Gonçalo, RJ); Dalva Meirelles (RJ); Creuzely Ferreira, RJ; Marília Martins, São Paulo; Marli Aparecida Nani, Paraná, José Viana Gonçalves, Campos, RJ; José Roberto Canoas, SP e outros visitantes.

 

CANTO: HINO DOS TROVADORES CAPIXABAS (Autor Narceu Paiva Filho).

Salve o Clube Capixaba / De brilhantes Trovadores / Nossa chama nunca mais se apaga / Nossos versos serão sempre vencedores. / Vem comigo fazer Trovas, / Vamos todos versejar / Neotrovismo nossa boa nova / Movimento literário pra ficar. / Clério Borges fundador. / Eno Wanke um estandarte / Rocha Ramos propulsor / Divulgando com alegria a nossa arte.

 

MISSA EM TROVAS, de Autoria do Trovador Antônio Augusto de Assis, de Maringá, PR, com Trovas de Clério José Borges e Zeni de Barros Lana. Missa celebrada pelo PADRE ITALIANO E COMBONIANO, PEDRO SETTIN, Pároco da Paróquia São José Operário. Apresentação do CORAL CANTANDO COM JESUS, da Com. São Paulo de Eurico Salles.

 

CLUBE DOS TROVADORES CAPIXABAS, CTC.

RUA DOS POMBOS, 2 – E. SALLES – SERRA – ES – 29160-280.

TEL.: 0 XX 27 – 3328 0753 – WWW.CLERIOBORGES.COM.BR

 

APOIO CULTURAL: LOJA DE ROUPAS E CONFEÇÕES – LOJA BISS – AV. CENTRAL. 901 – LARANJEIRAS SERRA ES – TEL.: 27 – 33 38 39 05

WWW.LOJABISS.COM.BR

 



VOLTAR


Copyright © 2012 - All Rights Reserved: CJBS