CLÉRIO'S HOME PAGE
CLÉRIO JOSÉ BORGES DE SANT´ANNA                                             VOLTAR

PALESTRAS REALIZADAS POR CLÉRIO JOSÉ BORGES

Clério José Borges, em sua vida ministrou aulas em vários Colégios dos Municípios da Grande Vitória, bem Cursos Informativos em diversos Municípios do Espírito Santo e alguns de Minas Gerais e Rio de Janeiro. Clério José Borges foi professor das Escolas: Escola de Ensino Médio e Fundamental Roberto de Souza Lee (Vila Velha); Colégio Comercial Brasil (Cobilândia, Vila Velha); Cólégio Clóvis Borges Miguel (Serra); Instituto de Educação Professor Fernando Duarte Rabelo (Vitória) e Instituto Educacional Rio Doce (Vitória). Clério ministrou Cursos de Iniciação ao Jornalismo e Meios de Comunicação e de Recepcionista de Banco e Escritório em várias cidades do Estado e em Minas Gerais (Governador Valadares, Mantena e Carangola) e bairros da Grande Vitória. Como Trovador e Historiador realizou Palestras Culturais e representa no Espírito Santo o Movimento Poético, MPN e a Sociedade de Cultura Latina e a Casa do Poeta Brasileiro, Poebras. Clério sempre realiza nas Escolas e Comunidades, Oficinas de Criação Poética, ensinando as técnicas de metrificação, escansão e como fazer Poesias e Trovas. Em 2002 foi convidado pela Coordenadora das Bibliotecas da Prefeitura Municipal da Serra, Elza Maria Barcelos de Oliveira, para ministrar uma Oficina Literária de Trovas, (foto ao lado), evento que contou com a participação de vários estudantes da Serra. Depois desta Oficina, sempre que possível, Clério José Borges participa de eventos da Biblioteca da Serra, desde Oficinas de Criação Poética a Palestras sobre Poesia, Trovas e História da Serra.

Clério já realizou palestra no Colégio Proudhon e organizou uma apresentação dos Trovadores no Colégio São José, de Vila Velha e realizou uma palestra no Colégio Belmiro Teixeira Pimenta, em Eurico Salles, Serra, ES. No dia 11 de Agosto, dia do estudante é sempre convidado a realizar palestras. No dia 01 de Dezembro de 2011, dia da leitura, realiza sempre palestras nas Escolas da Grande Vitória. Em 2010 as palestras foram em Nova Rosa da Penha em Cariacica e Feu Rosa na Serra, ES. Em 2011 para um Grupo da Terceira idade em Julho e no dia do Estudante (11/08) para as Adolescentes Internas em Cariacica, ES.

VILA VELHA ES - ANO DE 1967 - JÚRI SIMULADO - ADVOGADO DE ACUSAÇÃO - Atuou como Advogado de Acusação no Júri Cultural Simulado realizado no dia 14 de Outubro de 1967, na Sala de Sessões ‘‘Getúlio Vargas’’, da Câmara Municipal de Vila Velha - ES. Tema existência ou não de Plágio entre uma Trova de Alberto Isaias Ramires, publicada em 1964 e outra de Antônio Otacílio Peterle, publicada em 1967. O mesmo JÚRI SIMULADO, com Clério Borges como Advogado de Acusação foi repetido no dia 29 de Julho de 1968, na Casa do Estudante de Cachoeiro de Itapemirim-ES.

A promoção foi Cultural e teve por objetivo divulgar a TROVA. Assim o Réu, Antônio Otacílio Peterle foi absolvido nos dois Júri Simulados que foram realizados.
A promoção foi cuidada de formalidades. Foi feito Convite Especial às autoridades. O Banco dos Réus foi organizado com políticos, professores e pessoas de destaque na vida Social de Vila Velha: Moacir Carvalhol; Henrique Rímolo; Aiton de Almeida; Audifax de Ameida Cavalcanti, Wilson Carmon Alves; Rubens Martinelli e Jorge Góes Coutinho. Como Juiz os organizadores convidaram o advogado militante, Dr. Antônio Carlos Barcellos.
Os debates foram empolgados. Na acusaçào Geraldo Nascimento e Clério José Borges. Na defesa Zedânove Tavares e Gerson Fernandes da Silveira Novaes. Os ânimos chegaram a ficar exaltados pois cada qual procurava defender a sua tese de forma empolgante. Ao final, o resultado: seis a um para a Defesa. O jurado Jorge Góes Coutinho, então estudante e hoje Juiz de Direito em Vitória, confessaria depois ter votado pela Acusaçào. Esta, sob protesto, continuava chamando de Plagiador, o Poeta Antônio Otacílio Peterle, que para colaborar com a promoção sentara-se na cadeira destinada ao réu, como ocorre num Júri de verdade.
O sucesso de Júri foi tanto que a 29 de Junho de 1968, a UBT foi convidada a reprisá-lo em Cachoeiro de Itapemirim, no auditório da Casa do Estudante, no dia de aniversário daquela importante cidade do Sul do Estado. O convite foi feito pelo então Presidente da Academia Cachoeirense de Letras, Poeta Solimar de Oliveira. A notícia foi divulgada no Jornal ‘‘A Tribuna’’, de 20 de Junho de 1968, que informava que na acusação estariam Geraldo Nascimento e Clério José Borges. Na Defesa, Zedânove Tavares e Maria Alneci Cerutti. O resultado final foi de quatro a três, favorável a Defesa. O Júri propiciava a discussão do tema: ‘‘Plágio ou Semelhança de Idéias?’’ A acusação defendia a tese do Plágio. Já a defesa considerava que não ocorrera Plágio e sim ‘‘ semelhança de idéias.’’
Os Júris Símulados eram uma grande novidade na época, praticados por estudantes do curso de Direito para se exercitarem na Oratória e situações que aconteciam num Tribunal de Justiça, onde as pessoas são julgadas pelos crimes que praticam.

RIO DE JANEIRO - ANO DE 1986 - PALESTRA EM FACULDADE DE ENSINO SUPERIOR - Palestra com o tema ‘‘Neotrovismo e a Participação Popular no Movimento dos Novos Tovadores Brasileiros’’. no Sétimo Congresso Nacional de Letras e Ciências Humanas, em 26/07/86, com coordenação do Professor José Maria de Souza Dantas, nas Faculdades de Ensino Superior ‘‘Augusto Motta’’, no Teatro da SUAM, Bonsucesso, Rio de Janeiro. Ao participar desta palestra Clério José Borges além de receber um cachê correspondente a dez salários mínimos, recebeu ajuda de custo para passagem de avião e hospedou-se por cinco dias em Hotel na Praia de Copacabana, no Rio de Janeiro. O Certificado de Conferencista está datado de 26 de Julho de 1986 e é assinado pelo Professor José Maria de Souza Dantas, Presidente da CEPLI, Coordenação de Estudo e Pesquisa Linguistico-literários da SUAM. Ainda na SUAM, no Rio de Janeiro, Convidado, Clério José Borges ministriou palestras sobre NEOTROVISMO – MOVIMENTO DOS MODERNOS TROVADORES BRASILEIROS, nos Congressos de Literatura organizados no Rio de Janeiro, nos anos de 1993, 1994 e 1995, nas Faculdades Integradas ‘‘Augusto Motta’’, SUAM, Bonsucesso, RJ, a Convite do Professor José Maria de Souza Dantas, tendo recebido a MEDALHA DO MÉRITO CULTURAL AUGUSTO MOTTA, em 1994.

Palestras com o Tema: ‘‘NEOTROVISMO, Movimento dos Modernos Trovadores Brasileiros’’ em:
a) TIMÓTEO – MG, na 1ª Convenção Nacional da Trova, organizada pela professora Zaíra de Carvalho – 1987;
b) OLINDA – PE, no 1º Congresso Nacional da Trova, organizado pela Jornalista Alba Tavares Corrêa – 1987;
c) Palestra com o mesmo tema em 1988, nas seguintes cidades: Recife - PR; Brasília – DF; Rio de Janeiro; Acesita e Timóteo – MG; Porto Alegre – RS;
d) Palestra sobre Trovas e Neotrovismo em 1989 em : Porto Velho, Rondônia; Timóteo – MG; São Paulo-Capital; Nova Prata – Rio Grande do Sul; Petrópolis – RJ; DIPLOMA de Conferencista no Seminário de Literatura, realizado de 25 a 26 de Novembro de 1989, pela Associação dos Poetas e Escritores do Município de Timóteo – MG.
DIPLOMA de Conferencista e Participante do 1º Congresso Nacional da Trova e da Literatura, do Estado de São Paulo, nas Oficinas Culturais TRÊS RIOS SÃO PAULO, realizado de 18 a 20/08/89. Organização de Inês Catelli e Marília Martins, Escritoras de São Paulo.
e) Palestras sobre Trovas e Trovadores e Neotrovismo em várias Escolas de várias Cidades do Estado do Espírito Santo, de 1981 a 1995, com registro de presenças em livros e gravações em fitas de Vídeo. Mais de 600 palestras.

Certificado de Participação no 1º ATO CÍVICO E CULTURAL – Praia do Canto, no Dia da Mãe Natureza, e o título de Companheiro do Velho Mulembá da Praia, Árvore Sesqueicentenária. Em 11 de Maio de 1986. Diploma assinado pelo Prefeito Municipal de Vitória. Dr. Hermes Laranja.

NOVA PRATA – RS - ANO 1991 - PALESTRA REALIZADA EM EVENTO QUE TEVE A PARTICIPAÇÃO DAS ATRIZES DA REDE GLOBO DE TELEVISÃO, CLÁUDIA ALENCAR E ARACY BALABANIAN - Nos dias 18, 19, 20 e 21 de Abril de 1991, na Cidade de Nova Prata, no Rio Grande do Sul participou do 2º Congresso Brasileiro de Poesia e Encontro Latino de Casas de Poetas, promovidos pela Prefeitura Municipal, Associação Casa da Cultura, Casa do Poeta Rio-Grandense e suplemento Garatuja. Clério José Borges proferiu palestra ao lado de Eno Theodoro Wanke (RJ), da Poeta e Artista da Rede Globo, Cláudia Alencar, da Atriz Aracy Balabanian, do Escritor Carlos Nejar e de Alice Ruiz e Gilberto Mendonça Teles e do então Governador da Paraíba, o Poeta Ronaldo Cunha Lima. O Diploma de participação de Clério José Borges no citado evento está datado de 21 de Abril de 1991 e é assinado por Nelson Nilo Fachinelli, Presidente da Casa do Poeta Rio-Grandense; de Erenita Maria Davi Postingher, Presidente da Associação Casa de Cultura e do Prefeito Municipal de Nova Prata, RS, João Carlos Schmitt.

Proferiu a Palestra ‘‘Neotrovismo Brasileiro’’, no 1º Congresso Nacional da Trova Literária, realizado em Novembro de 1995, no Auditório do Hotel Canopus, na Cidade de Magé – RJ, organização do JORNALISTA JORGE MATTA FREIRE. No Concurso de Trovas realizado, teve Trova de sua autoria escolhida como Menção Especial.

BRASÍLIA - NOS DIAS 23 E 24 DE MAIO DE 1996, proferiu palestra com o tema NEOTROVISMO EM BRASÍLIA NA UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA, durante o Segundo Encontro Nacional da Trova de Brasília, organizado pela escritora Maria de Lourdes Reis. Na oportunidade foi recebido no Ministério da Cultura junto com Eno Teodoro Wanke e outros Trovadores, pela Chefe de Gabinete Maria Cecília Londres.

JACARAÍPE - Organizou o XVI Seminário Nacional da Trova na Praia de Jacaraípe – Serra – ES. , evento realizado de 4 a 7 de Julho de 1996, nos Salões do CLUBE RIVIERA. Na Solenidade de abertura compareceram a Banda de Música ESTRELA DOS ARTISTAS da Serra; as Bandas de Congo de Bicanga e São Domingos; O Grupo de Capoeira de Jacaraípe do Prof. Robson Vidal; O Coral Cidade Verde de Domingos Martins e o Grupo Folclório Português OS LUSÍADAS, de Maringá no Paraná. O evento contou ainda com os Grupos de Pagode ARRANCA SAMBA e Grupo Teatral Raízes de Itaberaba – Bahia. Na solenidade de abertura compareceram o Vice-Prefeito da Serra – ES, Cliso Ribeiro, o Deputado Estadual Lourival Berger e esposa Diomedes Maria Climam Berger, o Vice-Presidente da Aleas, Marcelo Furtado e o Vereador João Luiz Teixeira. O evento teve uma Missa na Igreja São Pedro de Jacaraípe e a Festa de Confraternização foi realizada no Domingo, dia 07 de Julho, na casa de Clério Borges, Rua dos Pombos, 2 – Eurico Salles – ES.

BENTO GONÇALVES – RS - Em Agosto de 1996, é convidado a participar de 14 a 17 de agosto de 1996, representando o Espirito Santo, no CONGRESSO LATINO AMERICANO DE ESCRITORES em Bento Gonçalves - Rio Grande do Sul, organizado naquela cidade pelo poeta Ademir Bacca, editor do Jornal Garatuja. Na oportunidade visitou o sul do Brasil, inclusive Foz do Iguaçu e a Cidade Del Leste no Paraguai.

MAGÉ – RJ - Nos dias 30, 31 de agosto e 1 de Setembro de 1996, participou como Convidado de Honra do Segundo Congresso Nacional da Trova na Cidade de Magé – Rio de Janeiro onde proferiu discurso na abertura solene no dia 30 de agosto, no auditório do Hotel Canopus, no Centro de Magé, abordando a participação dos Trovadores na Internet, a Rede Mundial de Computadores e o tema A POLÍTICA E A TROVA, destacando a importância dos escritores procurarem afirnar-se com candidatos políticos que tenham reais compromissos com a valorização da Cultura Brasileira e de modo especial com a Poesia e com a TROVA. No referido evento, por iniciativa de Clério Borges e apoio de Eno Teodoro Wanke foi lançado o Primeiro Concurso de Trovas na Internet.

25/10/ 99 - Palestra de Clério José Borges, no Projeto intitulado "Viagem Pelo Conhecimento"da Escola de 1º Grau Prof. Luiz Baptista de Jardim Tropical , Serra - ES. Convite da pedagoga, Therezinha Alves Pereira.

Dia 23 de Agosto de 1999 Palestra: Literatura Popular, Lendas e Folclore da Serra/ES Palestrante Clério José Borges / Sala de Vídeo do Centro Federal de Educação Tecnológica do Espírito Santo (Escola Técnica Federal).




PALESTRAS NO ESTADO DA PARAÍBA, NORDESTE DO BRASIL - No dia 19 de Abril de 2012, a convite do Presidente da UBE - União Brasileira de Escritores da Paraíba, Escritor Ricardo Bezerra, o Escritor Capixaba Clério José Borges, que representava o Instituto Histórico e Geográfico do Espírito Santo, a Academia de Letras e Artes da Serra e o Clube dos Poetas Trovadores Capixabas, CTC, proferiu Palestra no recinto da Câmara Municipal da Cidade de Sapé, a cerca de 100km da Capital João Pessoa, no Estado da Paraíba, em Sessão presidida pelo Vereador, Juciê Guarabira, com o título "Saudação Capixaba ao Poeta Maior Augusto dos Anjos". Já no dia 20 de Abril, sexta feira, à tarde, no Encontro de Escritores da União Brasileira de Escritores da Paraíba, realizado na Fundação Espaço Cultural da Paraíba José Lins do Rêgo (Funesc), em João Pessoa, Clério José Borges proferiu Palestra no Auditório Verde com o tema, "Incentivo a Produção Literária". VER DETALHES AQUI



PROJETO CAFÉ, PROSA E POESIA

PALESTRA NO CDP DO QUEIMADO
Centro de Detenção Provisória
Queimado - Serra - ES
Participação do Escritor, Poeta e Trovador, Clério José Borges de Sant Anna e dos Poetas Albércio Nunes Vieira Machado e Teodorico Boamorte
Coordenação: Elza Maria Amado Barcelos - SMB/SETUR

PROJETO CAFÉ, PROSA E POESIA - No dia 19 de Junho de 2012, os Escritores Albércio Nunes Vieira Machado, Teodorico Boamorte e Clério José Borges estiveram no CDP do Queimado, inaugurado no dia 13 de Agosto de 2009, onde proferiram Palestra sobre Poesia, Trova e Literatura de Cordel, para os internos daquela Unidade Prisional. O Poeta Trovador e Escritor Clério José Borges, autor do Livro História da Serra aproveitou para falar sobre a colonização da Cidade da Serra, com a chegada dos Índios Temiminós de Maracajaguaçu e Araribóia no Espírito Santo vindo da Ilha de Paranapiuã, a atual Ilha do Governador na baía de Guanabara. O evento denominado Café, Prosa e Poesia teve a coordenação de Elza Maria Amado Barcelos, do Sistema Municipal de Bibliotecas, da Secretaria de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer e Coordenação Geral de Belarina Franzini da Secretaria de Promoção Social da Prefeitura da Serra. O evento teve o apoio do Clube dos Poetas Trovadores Capixabas, CTC e da Academia de Letras e Artes da Serra, através da participação do Vice Presidente Clério José Borges. O evento contou no final com a presença do Diretor do Centro de Detenção Provisória, CDP, que enalteceu o trabalho cultural realizado informando que a atividade teve por objetivo resgatar a dignidade, cidadania e auto-estima dos internos, possibilitando seu crescimento pessoal e facilitando a reintegração social, com uma melhor qualidade de vida e diminuindo a ociosidade. No final do evento houve uma confraternização com doces, quitutes e sucos oferecidos pela Coordenadora do Sistema de Bibliotecas da Serra, Elza Maria Amado Barcelos.



Relação das principais palestras realizadas por Clério José Borges
Clério José Borges e alunos da Escola Beija Flor

Dia 09/11/2009 - Clério recebe a visita dos alunos da Escola Beija Flor, de Eurico Salles, Serra, ES. Assunto: A Arte da Criação Literária. A entrevista foi na Rua dos Pombos, (Casa do Clério). Na foto: Luan Gomes Neumam; Luana Sperandio Cott; Fernando de Freitas Garcia; Clério; Professora Luciana Gomes Covre; Letícia Moneche Gandini e Jhuly Lourenço de Paula.

palestra no cras de laranjeiras palestra no cras de laranjeiras

Dia 12/11/2009. A convite da professora Patrícia Nantes (foto) e do estudante Rafael Rodrigues Modesto, foi realizado no CRAS, Centro Regional de Assistência Social, em Laranjeiras, uma Palestra de Clério sobre “História da Serra”.

palestra Nova Rosa da Penha Cariacica Palestra em Nova Rosa da Penha, cariacica, ES.

Dia 01/12/2009. No Dia da Leitura, no Festival de Leitura nas Escolas da Rede Estadual, para incentivar à Leitura, Clério José Borges realizou palestra na Escola Zaíra Manhães de Andrade, de Nova Rosa da Penha, Cariacica, ES.

Palestra na Escola Antônio Engrácio de Feu Rosa, Serra, ES
Palestra na Escola Antônio Engrácio de Feu Rosa ES

Dia 01/12/2009. No Dia da Leitura nas Escolas, Clério José Borges, a convite da Pedagoga Cristiane Ribeiro e da Diretora Ledimar Ramos realiza Palestra na Escola Antônio Engrácio da Silva, do bairro de Feu Rosa, Serra, ES.


Palestra de Clério José Borges na Escola Flor de Cactus de Feu Rosa

Dia 06/08/2009 - Clério na Escola Flor de Cactus, de Feu Rosa, Serra. Palestra sobre História da Serra.

Entrevista de Clério José Borges aos Jovens de Com Missão de Cariacica

Dia 30/07/2009 - Clério com as Jovens do JOCUM - Jovens com uma Missão, de Flexal Dois. Na foto: Jornalista Fabiana Tostes, Clério e Oxaene Oliveira.

Clério José Borges e alunos de Vila Nova de Colares

Dia 05/09/2007 - Clério José Borges no bairro Vila Nova de Colares, Feu Rosa, Serra, ES, onde proferiu Palestra para os alunos da Escola Alba Maria Miranda, convidado pela Profa. EDNA.

Clério José Borges e estudantes do bairro Ataíde, Vila Velha, ES

25/03/1972 - Curso de Iniciação ao Jornalismo no Bairro Ataíde, Vila Velha, ES. Na foto, Carlúcio, Clério José Borges, Altair Brandão (Tamoio), Dilzete Reis e Nilson Bitencourt.


Palestra na Escola Proudhon, Serra, ES

Dia 2/09/2004 - Atendendo a Convite da Direção da Escola, o Escritor Clério José Borges esteve no Colégio Proudhon, no bairro de Serra Dourada Três, Serra, ES, onde proferiu palestra para os estudantes, tema "História da Serra".

palestra Colégio das Irmãs, São José de Vila Velha

Dia 23/09/2005 - Poetas Trovadores do CTC - Clube dos Trovadores Capixabas, participaram de um grande evento na Biblioteca do Colégio São José foi a XIII Feira do Livro.

palestra no cras de laranjeiras

Dia 09/12/2005 - O Escritor Clério José Borges proferiu palestra, na Escola Belmiro Teixeira Pimenta com o tema "História da Serra", dentro da III Mostra Cultural.

Clério José Borges realiza Palestra no Auditório da Biblioteca de Valparaíso

24/08/2005 - Palestra realizada no Auditório da Biblioteca de Valparaíso. Participação de alunos das Escolas locais. Na foto Elza, Clério, Ceará, Cleusa, Tio João e Malacarne.


Palestra na Escola Proudhon, Serra, ES

A convite do professor Nourival Cardoso Junior, Clério José Borges proferiu palestra no Colégio "Linus Pauling", do balneário de Jacaraípe, sobre "História da Serra".

palestra em Nova Almeida Serra ES

Dia 14/08/2003 - A Empresária e Poeta Shirley Aragão, Clério José Borges, a Diretora Lúcia Helena de Mattos Soeira e Zenaide Thomes, na Escola "Virginio Pereira", no balneário de Nova Almeida, ES. Palestra de Clério com o tema: "Trovas" e "História da Serra".

palestra no cras de laranjeiras

A convite da Secretaria Municipal de Educação da Prefeitura da Serra, Clério proferiu palestra sobre Trovadorismo para todos professores das Escolas do Município.

Clério José Borges realiza Palestra no Auditório da Biblioteca de Valparaíso

18/11/2009 - Palestra realizada no CDDH - Centro de Defesa dos Direitos Humanos da Serra sobre Conselho Municipal de Cultura.


CONSIDERAÇÕES FINAIS

Clério José Borges é autor do Livro HISTÓRIA DA SERRA A venda na Loja Biss, localizada em Laranjeiras, na Avenida Central, 907. E-mail: biss@lojabiss.com.br (Tel.: 27 - 33 38 39 05).

O Autor Clério José Borges, hoje Funcionário Público Estadual aposentado, encontra-se disponível para realizar PALESTRAS sobre a "História da Serra", "Revolta dos Negros do Queimado" e sobre Poesia e Trovas, mediante agendamento antecipado de um mês no mínimo. (Telefone: 27 - 92 57 82 53).

CLÉRIO JOSÉ BORGES

clerioborges@hotmail.com

Nome: Clério José Borges de Sant’Anna

Tel.: (027) 92 57 82 53




BIBLIOGRAFIA DO AUTOR
CLÉRIO JOSÉ BORGES. Biografia Resumida



Historiador, Poeta e Trovador Capixaba, o Escritor Clério José Borges nasceu em 15/09/1950, no bairro de ARIBIRI, Município de Vila Velha, ES. Funcionário Público Estadual Aposentado no Cargo de ESCRIVÃO, trabalhando durante 35 anos, tendo recebido ELOGIOS e Medalhas de Bronze, Prata e Ouro da Polícia Civil do Espírito Santo. Em 1970, estudou Direito em Cachoeiro de Itapemirm, onde no Concurso Vestibular passou em 3º Lugar, com mais de 400 participantes concorrentes na época. Estudou também Direito e Pedagogia na UFES - Universidade Federal do Espírito Santo, sem concluir tais Cursos. Fundou e foi o 1º presidente da Academia de Letras e Artes da Serra, ALEAS. Fundou e preside o Clube dos Poetas Trovadores Capixabas, CTC. Pertence ao Instituto Histórico e Geográfico do ES. Foi Conselheiro Titular do Conselho Estadual de Cultura do Espírito Santo, durante CINCO anos, de 04/01/1989 a 18/02/1993, onde foi eleito e atuou como Secretário de Plenário, na gestão do Presidente Marien Calixte e Vice-presidente do CEC-ES, na gestão do Presidente, Sebastião Ribeiro Filho (Tião Xará). Após 18/02/1993 e até o ano 2000, passou a pertencer à Câmara de Literatura do referido Conselho, CEC-ES, Conselho Estadual de Cultura do Estado do Espírito Santo, afastando-se depois definitivamente. Destacou-se no CEC-ES no tombamento Estadual das ruínas da Igreja de São José do Distrito de Queimado, na Serra, ES, no tombamento dos remanescentes da Mata Atlântica no Espírito Santo e na luta pela restauração da Igreja de São João Batista de Carapina, Serra, ES. Conselheiro Titular da Área de Literatura do Conselho Municipal de Cultura da Cidade da SERRA, Espírito Santo, desde 24 de Setembro de 1997, quando o Conselho foi criado, sendo o atual Vice Presidente do Conselho Municipal de CULTURA da Cidade da Serra, ES. É morador da SERRA, ES, desde 1979 e Cidadão Serrano, titulo conferido pela Câmara Municipal da Serra em 26 de Dezembro de 1994. Senador da Cultura, pela Sociedade de Cultura Latina, SCL. Correspondente da Academia CACHOEIRENSE de Letras, (ES); da Academia PETROPOLITANA de Letras, da Cidade de Petrópolis,(RJ); da Academia Brasileira da Trova e da Academia de Letras, Ciências e Artes do Amazonas, ALCEAR e outras Academias e Associações Literárias do Brasil. Autor dos Livros: Trovas Capixabas; Trovadores dos Seminários da Trova; Trovadores Brasileiros da Atualidade; O Trovismo Capixaba; Alvor Poético; O Vampiro Lobisomem de Jacaraípe; História da Serra (3 Edições); Serra em Prosa e Versos/Poetas e Escritores da Serra; Origem Capixaba da Trova; Dicionário Regional de Gírias e Jargões. Organizador, desde 1981 dos Seminários Nacionais da Trova e dos Congressos Brasileiros de Poetas Trovadores. Detentor de Diversos Títulos, DIPLOMAS e homenagens, como por exemplo a MEDALHA CHICO PREGO, recebida em 30/03/2006. Teve atuação como Ator no Filme "QUEIMADO", de João Carlos Christo Coutinho, sobre a Revolta dos Negros Escravos do Distrito do Queimado, na Serra, ES, ocorrida em 1849. Atuou como Ator no FILME "Trovadores do Neotrovismo na Amazônia", da Cineasta Russa Valentina Ivanovna Kupnova. Produz Vídeos amadores para o You Tube onde já atingiu o número superior a mil e trezentos Vídeos. É Ministro da Palavra, da Comunidade São Paulo, Paróquia São José Operário, desde Dezembro de 2009 e pertence a Pastoral Familiar da referida Comunidade e Paróquia. Envolvido em lutas comunitárias desde 22/04/1979, conforme histórico da histórico constante do web site da AMBES - Associação de Moradores do bairro Eurico Salles, em Carapina, Serra, ES. É registrado como Escritor na BIBLIOTECA NACIONAL. Confira Opinião sobre a obra ALVOR POÉTICO. Em 1987 concedeu inclusive entrevista a Leda Nagle, em Rede Nacional, no programa "Sem Censura" da TV Educativa do Rio de Janeiro. O Livro "História da Serra", 1ª Edição, foi eleito MELHOR LIVRO de 1998, publicado em prosa no Brasil e a cerimônia oficial de premiação foi realizada em abril de 1999, conforme comunicação da Professora e Acadêmica, Maria Aparecida de Mello Calandra, IWA, Presidente da Sociedade de Cultura Latina do Brasil, Mogi das Cruzes - São Paulo. No Dia 10/02/2007, em pleno Carnaval Capixaba, Clério José Borges foi homenageado, no SAMBÃO DO POVO, em Vitória, ES, como Historiador pela Escola de Samba ROSAS DE OURO, do Município da Serra, Espírito Santo, presidida pelo Carnavalesco Marcos Caran. Clério desfilou como Destaque num Carro alegórico pois o enredo "SERRA 450 ANOS DE FUNDAÇÃO, foi baseado no Livro HISTÓRIA DA SERRA, de Clério José Borges. No dia 12 de Setembro de 2009 a convite de Júlio Cesar Batista Nogueira, conhecido como Júlio Autor, o Escritor Clério José Borges participou das filmagens do Vídeo Documentário, NOVA ALMEIDA EM UM OLHAR. No dia 05 de Junho de 2010, no Salão de Festas CENSI, em Itabira, Minas Gerais, Clério José Borges recebeu o título de DESTAQUE DO ANO e TROFÉU CARLOS DRUMMOND DE ANDRADE, numa promoção do Jornalista e Colunista Social de Itabira, MG, Eustáquio Lúcio Felix. Clério José Borges trabalhou profissionalmente, como Jornalista do Jornal "A Tribuna", de Vitória, ES. Foi Repórter Iniciante (Foca), de Janeiro a Março de 1969 e promovido, em seguida, a Repórter e depois a Redator, com Carteira Assinada, trabalhando até 1972. Depois teve uma lingeira passagem pelo Jornal O Diário, (Já extinto), também de Vitória, ES e, em seguida, participou de um Concurso Público, classificando-se em 1º Lugar, sendo Servidor Público da Área de Segurança, (Escrivão de Polícia Civil), tendo trabalhado por 35 anos, tendo recebido homenagens e recebido as Medalhas de Bronze, Prata e Ouro por Serviços prestados na Polícia Civil. Clério José Borges aposentou-se como Escrivão de Polícia Civil do Estado do Espírito Santo, pela Portaria N.º 081, de 18 de Janeiro de 2011, publicada na página 05 do Diário Oficial do Estado do Espírito Santo do dia 20 de Janeiro de 2011, onde consta, "aposentadoria por tempo de contribuição, a partir de 17 de Setembro de 2010, (...), computados 37 anos, 02 meses e 19 dias de Tempo de contribuição. (...) Processo 01901621". O Jornal "A Tribuna" é um dos mais conceituados Jornais do Estado do Espírito Santo, disputando a preferência popular com o Jornal A Gazeta. Clério, em A Tribuna, além de Reporter e Redator foi comentarista de Cinema e chegou a Chefe de Reportagem, trabalhando com os consagrados Jornalistas Marien Calixte, Plínio Marchini, Rubinho Gomes, Paulo Bonates, Sérgio Egito, Nelson Serra e Gurgel, Paulo Maia, Pedro Maia e os falecidos Vinicius Paulo Seixas e Cláudio Bueno Rocha... Clério José Borges foi professor das Escolas: Roberto de Souza Lee (Vila Velha); Colégio Comercial Brasil (Cobilândia, Vila Velha); Clóvis Borges Miguel (Serra); Instituto de Educação (Vitória), etc... Clério ministrou Cursos de Iniciação ao Jornalismo e Meios de Comunicação e de Recepcionista de Banco e Escritório em várias cidades do Estado e em Minas Gerais (Governador Valadares, Mantena e Carangola) e bairros da Grande Vitória. Como Trovador e Historiador realizou Palestras Culturais e representa no Espírito Santo o Movimento Poético, MPN e a Sociedade de Cultura Latina e a Casa do Poeta Brasileiro, Poebras. Clério sempre realiza Oficina de Criação Poética. Em 2002 foi convidado pela Prefeitura da Serra e ministrou uma Oficina Literária de Trovas. Clério José Borges foi Professor em Cobilândia, de 1977 a 1980. O Colégio Comercial "Brasil", do bairro de Cobilândia, no Município de Vila Velha oferecia cursos de 1º Grau durante o dia e à noite, cursos de 7ª e 8ª Séries de 1º Grau e Cursos de Administração e Contabilidade. Clério foi contratado como Professor, com Carteira Profissional assinada. ACADEMIA DE LETRAS DO BRASIL - Belo Horizonte, MG, No dia 23 de Agosto de 2011, em solenidade presidida pelo Dr. Mário Carabajal, Presidente Nacional Fundador da ALB - Academia de Letras do Brasil e com a coordenação geral da Acadêmica Sílvia de Lourdes Araújo Motta, na sede do Instituto Histórico e Geográfico de Minas Gerais, na Rua Guajajaras 1268, (sobreloja), Belo Horizonte, Minas Gerais, Clério José Borges recebeu a Medalha do Mérito Cultural AFONSO PENA e foi empossado como Acadêmico Imortal, seguidor de Platão. A solenidade que foi muito bem organizada contou com a Diplomação de mais 38 Acadêmicos Imortais entre as quais a premiadíssima Escritora de Minas Gerais, Zeni de Barros Lana. No evento duas brilhantes apresentações musicais, inclusive a do Coral Luís de Camões, que foi aplaudido de pé por todos os presentes. Em noite de gala, no último dia 10 de março de 2012, o Escritor, Poeta, Trovador e historiador Capixaba, Clério José Borges, recebeu na Cidade de Itabira, no Estado de Minas Gerais, o Troféu Pedro Aleixo, de Personalidade Notável de 2012, honraria que é outorgada aqueles que se destacaram no cenário brasileiro no campo cultural e por sua coragem e, sobretudo pela capacidade de modificar o universo social, político, cultural e profissional que os rodeia, com sua sensibilidade e sua visão pessoal de mundo. O evento foi realizado no Salão de Festas Ativa de Itabira e foi abrilhantado com o show musical da Internacional Banda American Brasil. Esta foi a 12ª edição das Personalidades Notáveis homenageadas com o “Troféu Pedro Aleixo”. Os laureados com o referido Troféu são pessoas consideradas pelos organizadores como cidadãos de espírito participativo, revestidos de coragem, ousadia e muita garra. Esta é a segunda vez que o Escritor Clério José Borges é homenageado na cidade de Itabira, terra natal do Poeta Carlos Drummond de Andrade. Em 2010, Clério recebeu o Troféu como Melhor Escritor de 2010, em solenidade da “Festa dos Destaques do Ano” na categoria Literatura e agora recebe o Troféu como Personalidade Notável, através de indicação da Escritora mineira Léa Lu, e Convite feito pelo Jornalista Eustáquio Lúcio Félix. JOÃO PESSOA - PARAÍBA - Dia 19/04/2012 - Clério José Borges participa em João Pessoa na Paraíba, como Convidado Especial, do II Encontro de Escritores da UBE Paraíba, tendo promovido o lançamento do livro de sua autoria, Dicionário Regional de Gírias e Jargões, editado pela Prefeitura da Serra, com recursos da Lei Chico Prego, Arcelor Mittal e Magnesita, bem como proferiu palestra sobre Leis de Incentivo à Cultura e na Câmara Municipal de Sapé, "Casa de Augusto dos Anjos e plenário Severino Damião da Silva", localizada na Avenida Getúlio Vargas, foi realizada uma Sessão Solene Especial comemorativa ao Centenário do Livro Eu e aos 128 anos de nascimento de Augusto dos Anjos, presidida pelo Vereador, Juciê Guarabira. A mesa que presidiu a solenidade na Câmara de Vereadores de Sapé, Paraíba foi composta ainda pelo Presidente da UBE/Paraíba, Ricardo Bezerra e pela Profa. Maria do Socorro Silva de Aragão, da UFPB, Universidade Federal da Paraíba e Academia de Letras e Artes do Nordeste, ALANE-PB. Durante a solenidade fizeram uso da palavra, a Escritora Marinalva Freire da Silva que fez uma rápida análise da obra de Augusto dos Anjos e falou da tradução que ela havia feito para o Espanhol do Livro Eu (Yo) e o Escritor Clério José Borges, da Cidade da Serra, ES, que além de falar da Poesia de Augusto dos Anjos declamou alguns de seus poemas, entre os quais, "Versos Íntimos". No Encontro dos Escritores realizado de 19 a 21 de Abril de 2012, pelo Presidente da UBR/PB, Ricardo Bezerra, Clério e Zenaide conheceram o Cantor e Compositor Chico César, na ocasião, Secretário Estadual de Cultura da Paraíba. Nas fotos: Zenaide Thomes Borges, uma Senhora, o Secretário Chico César e Clério José Borges. Cantor Chico César e Clério Borges. Clério concedendo entrevista ao Jornalista Arlindo Nóbrega, de São Paulo.

LIVROS DE CLÉRIO JOSÉ BORGES



O Trovismo Capixaba. Livro individual de Clério José Borges. História da Trova Capixaba. Lançado pela Editora Codpoe, (RJ), em 1990, com 82 páginas. Capa do Artista Plástico Licurgo. Tiragem de 1000 exemplares.


Alvor Poético. Livro individual de Clério José Borges. Poesias e Trovas. Lançado pela João Scortecci Editora, (SP), em 1996, com 52 páginas. Tiragem 1000 de exemplares. Exemplar: R$ 5,00. (Tel.: 55 - 021 - 27 - 9257 82 53)


Trovadores 87 Antologia de Trovas organizada por Clério José Borges e Antônio Soares. Edições Caravela, 1987 - 2º Volume. Participação de 45 trovadores. Tiragem de 1000 exemplares, com 124 páginas. Esgotado.


O Melhor dos Melhores Trovas de vários Trovadores. Lançado em 1987. Coleção Capixaba. Editora Edições Caravela, de Porto Alegre, RS. Tiragem de 1000 exemplares. Esgotado.


Trovadores Brasileiros da Atualidade Obra lançada durante o V Seminário Nacional da Trova em 1985. Edições Caravela. Tiragem de 1000 exemplares, com 112 páginas. Esgotado.


Trovadores dos Seminários Nacionais da Trova Antologia de Trovas, organizada por Clério José Borges e Santa Inéze da Rocha - Instituto Cultural Português. Edições Caravela, 1985, com 64 páginas. Capa de Licurgo. Tiragem de 1000 exemplares. Esgotado.


O Vampiro Lobisomem de Jacaraípe Livro de Cordel de Clério José Borges, com 8 páginas. Folclore Capixaba. Edição do CTC, de 2004 - 2005. A lenda de um Vampiro que atormentava as pessoas em Jacaraípe, Serra, ES, em 1915. 500 Exemplares.


Origem Capixaba da Trova Livro de Clério José Borges sobre a origem Capixaba da Trova, composição poética de quatro versos sete silábicos, com rima e sentido completo. Coleção Neotrovismo Capixaba. Editora CTC 1997 - 2007. 1000 Exemplares.


Serra em Prosa e Versos - Poetas e Escritores da Serra Livro Poetas e Escritores da Serra, uma pesquisa realizada pelo Escritor Clério José Borges, reunindo 147 Poetas com textos sobre a História da Serra e sobre fatos e personagens da Cidade da Serra, no Espírito Santo. A venda na Loja Biss, localizada em Laranjeiras, na Avenida Central, 907. E-mail: biss@lojabiss.com.br (Tel.: 27 - 33 38 39 05).


História da Serra - 3ª Edição Ano: 2009 Livro História da Serra. Terceira Edição da obra que foi premiada em 1998. Uma Edição revista e atualizada, com mais detalhes e mais informações. A venda na Loja Biss, localizada em Laranjeiras, na Avenida Central, 907. E-mail: biss@lojabiss.com.br (Tel.: 27 - 33 38 39 05).


Dicionário Regional de Gírias e Jargões São mais de Dez mil Gírias e Jargões coletados pelo Escritor Clério José Borges durante 15 anos, no seu trabalho profissional como Escrivão da Polícia Civil. São Gírias da Malandragem e Policiais. Dos Noiados até das Patricinha. A venda na Loja Biss, localizada em Laranjeiras, na Avenida Central, 907. E-mail: biss@lojabiss.com.br (Tel.: 27 - 33 38 39 05). Gírias do nosso povo brasileiro.



Próximo Livro de Clério José Borges
Carapina - Presença dos Índios e dos Jesuítas na Aldeia de São João Batista. Previsto para ser lançado em 2012, a obra sobre o Distrito de Carapina, no Município da Serra, no Estado do Espírito Santo, de autoria de Clério José Borges é comemorativa dos 450 anos de fundação da Aldeia Índigena do Chefe Temiminó Araribóia, (Cobra Feroz ou das Tempestades), filho de Maracajaguaçu. Na obra a colonização da região com Braz Lourenço, Manoel Paiva e a presença do padre José de Anchieta, o Beato da Igreja Católica, que fez o primeiro milagre de sua vida em Carapina, Serra, Espírito Santo.





VOLTAR


Copyright © 2012 / 2013 - All Rights Reserved: CJBS